Padre Marcos José, bispo eleito para a Diocese de Cornélio Procópio, será o primeiro membro do episcopado “genuinamente londrinense”, um representante do clero arquidiocesano

A Arquidiocese de Londrina recebeu na quarta-feira, 22 de junho, uma notícia que alegra todo o povo de Deus. Um filho desta Igreja será ordenado bispo, recebendo o terceiro grau do sacramento da Ordem. O Papa Francisco anunciou a nomeação do padre Marcos José dos Santos, atual pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Centenário do Sul (PR), como novo bispo da Diocese de Cornélio Procópio (PR), aceitando a renúncia de dom Manoel João Francisco, que está com 75 anos, idade com a qual os bispos pedem renúncia. O agora monsenhor Marcos José será o primeiro bispo “genuinamente londrinense”, como o descreveu o arcebispo dom Geremias Steinmetz em coletiva de imprensa logo cedo, com a presença do padre Marcos e do padre Rafael Solano, cura da Catedral e vigário geral da arquidiocese.

O arcebispo explicou que era um desejo antigo a ordenação de um bispo da Arquidiocese de Londrina. “O padre Marcos é nascido em Lupionópolis, curiosamente o menor dos nossos municípios, o mais distante aqui da sede… Isso nos anima porque sempre se falou muito que não se tinha um bispo de Londrina. Apesar de termos bispos que nasceram no território de Londrina depois mudaram, por exemplo, o dom Donizete que foi nomeado para auxiliar de Cascavel. Ele é nascido nesta região. Porém se desenvolveu em Cornélio Procópio, então não conta”, brincou dom Geremias. “Então conta hoje um legítimo representante do nosso clero, do clero da arquidiocese.”

Na entrevista, padre Marcos comentou sobre suas raízes na Arquidiocese de Londrina, onde nasceu, cresceu e desenvolveu sua caminha cristã; fez a formação e exerce o ministério sacerdotal desde a ordenação em 12 de fevereiro de 2000. “Muita gratidão a esta Igreja que me fez padre, que me acompanhou, que me ensinou, que me acompanha e que agora através desta Igreja, eu sou enviado para uma outra Igreja em missão. Me sinto um filho da Igreja de Londrina sendo enviado em missão.”

A ordenação episcopal será no dia 13 de agosto, às 15h na Catedral Metropolitana de Londrina e terá como bispo ordenante dom Geremias e coordenantes dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, e dom Manoel João Francisco, bispo emérito de Cornélio Procópio. Monsenhor Marcos José assume a Diocese de Cornélio na semana seguinte de sua ordenação, no dia 20 de agosto, em celebração na Catedral Cristo Rei.

O padre conta que recebeu o convite para o episcopado com alegria e também um sentimento de compromisso. “Primeiramente aquele espanto, aquela surpresa, mas depois com a reflexão: é um chamado de Deus através da Igreja na pessoa do Papa Francisco, e, claro, com o tempo para dar a resposta, refletir e dar o ‘sim’, com um sentimento de muita serenidade, paz e, sobretudo, de me colocar a serviço da Igreja em Cornélio Procópio, contando com a graça de Deus, contanto com o apoio e as orações de todos.”

Ele agradeceu às suas duas famílias: a família de origem: os pais José Francisco (in memorian) e Alvina, irmãs, cunhados e sobrinhos; e a família da Igreja, na qual foi gerado na fé, na vida cristã e no ministério presbiteral. “Sou muito agradecido à Arquidiocese de Londrina, porque eu sou filho desta Igreja, e também nesta Igreja me coloquei a serviço. E por isso a minha gratidão a todos os trabalhos realizados, seja nos seminários, seja na Ação Evangelizadora, ultimamente nas duas últimas paróquias, na Paróquia São João Paulo II, no Vista Bela, e nos últimos cinco anos na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Centenário do Sul”, agradece.

O monsenhor pediu também as orações e o apoio de todos. “O ministério, que é uma graça de Deus, eu ainda não tenho o conhecimento e a dimensão profunda, isso vai ser com a vida e com o tempo. Mas eu quero dizer que eu abraço com muita disponibilidade, humildade, serviço e amor, contando com a graça de Deus e com certeza com apoio de todos aqueles com os quais eu vou trabalhar nesse pastoreio na Igreja em Cornélio Procópio”, finaliza padre Marcos.

A arquidiocese se torna uma fonte de espiritualidade

Dom Geremias destacou que com o ministério episcopal do padre Marcos, outros locais começam a beber da fonte de espiritualidade que é a Arquidiocese de Londrina. Ele leva consigo a bagagem do trabalho pastoral desta Igreja particular. “Tudo aquilo que nesses anos todos aqui foi desenvolvido em termos de ação evangelizadora, em criatividade pastoral, as pessoas que por aqui passaram, os bispos que por aqui passaram de certa forma. Em síntese poderíamos dizer que hoje estão muito gratos ao Santo Padre, gratos a Deus pela nomeação deste nosso filho no episcopado e que por aqui também entregou sua vida com muita generosidade.”

Uma diocese, quando oferece um bispo para a Igreja, dá sinais de maturidade, reforça dom Geremias. “Uma maturidade pastoral, uma maturidade espiritual. Londrina, penso que de fato, estava precisando de uma manifestação assim no sentido de que temos aqui muitas coisas que podem ser levadas para a Igreja como um todo, para a Igreja do Paraná, do Brasil. Alguém que viveu todas essas experiências em praticamente 22 anos de ministério, tendo ainda toda sua história enquanto pessoa, é uma manifestação de apreço da Igreja pela Arquidiocese de Londrina, pelo trabalho que por aqui se desenvolve”, fala o arcebispo.

“A gente vê como as pessoas hoje se alegram muito pelo sim do padre Marcos José ao episcopado. E certamente com o seu trabalho, ele ainda vai também atrair muitas pessoas para o coração do nosso Deus, para o coração do nosso Senhor Jesus Cristo”, destaca dom Geremias na semana em que a Igreja celebra a festa do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro da arquidiocese (24 de junho).

Processo de escolha

O arcebispo explicou que o processo de escolha de um novo bispo é simples, porém muito sério, compreende uma série de consultas e escrutínios sobre a vida do futuro membro do episcopado. “Houve um discernimento, haviam outros candidatos, outras pessoas que também estavam sendo discernidas, e pouco a pouco foi despontando o nome do nosso padre Marcos José”.

Quando foi consultado a respeito de nomes para substituir dom Manoel João Francisco, que na época estava prestes a completar 75 anos, dom Geremias procurou pensar em alguém do clero arquidiocesano. Como a Diocese de Cornélio Procópio faz parte da Província Eclesiástica de Londrina, composta também pelas Dioceses de Apucarana e Jacarezinho, a ideia é que fosse alguém da própria província, que conhecesse a realidade desta localidade. “O padre Marcos José tem esse conhecimento, ele estudou com os padres de Cornélio, e antes da minha chegada [na Arquidiocese de Londrina], dom Manoel foi administrador apostólico aqui, portanto tem uma ligação muito grande. Então nós podermos indicar alguém para a Diocese de Cornélio é sinal de uma unidade que já existe na Província Eclesiástica de Londrina.”

Segundo o arcebispo, depois do processo de discernimento, três nomes são enviados ao papa. Esses nomes são submetidos ao conselho da Congregação para os Bispos e posteriormente ao Santo Padre, que tem a sua metodologia de escolha. “Ali tem tudo sobre a vida de cada um, o ministério de cada um, as qualidades de cada um, tudo isso é de certa forma investigado, não de maneira negativa, mas para se ter segurança que se está nomeando alguém que vai liderar, que vai trabalhar com seriedade porque já demonstrou isso como padre, como professor, como coordenador. Isso é importante que seja dito ao Santo Padre na documentação que é oferecida a ele, para ter segurança de quem ele está nomeando. Então dizem sempre que o papa pega essa terna, esses três nomes, e certamente invocando o Espírito Santo de Deus, nomeia de acordo com o seu coração.”

Impulso vocacional

Dom Geremias explica que a ordenação de um bispo é também um incentivo a novas vocações. “Se Deus continua sendo fiel na vida de um padre que aceita participar do episcopado do nosso país, da Igreja, então ele é um sinal, ele é sempre um sinal de Deus”, explica o arcebispo. “Ele está dando sinais de que aquele chamado desde a juventude, para o qual a pessoa se prepara, toda formação, depois ele estudou por tempos em Roma também…, isso os jovens vêem. Muita gente se alegra com essa nomeação, e muitas pessoas olham e falam: ‘puxa, se ele fez tudo isso eu também posso fazer’.”

A vida de um bispo é sempre doação, destaca dom Geremias, alguém que entrega sua vida para resolver os problemas da Igreja, ser Igreja e viver a Igreja. “Um bispo, não é que perde a sua vontade, mas a vontade do bispo é a vontade da Igreja, é a vontade que vai se realizando pouco a pouco. Então é um sinal importante, no sentido que agora nós tempos um bispo londrinense, e que representa também essa espiritualidade cristã que por aqui nós”, finaliza dom Geremias.

Ordenação

Em nome do clero londrinense e da arquidiocese, o padre Rafael Solano, cura da Catedral e vigário geral da arquidiocese, parabenizou o novo bispo eleito e convidou toda comunidade para participar da ordenação episcopal no dia 13 de agosto às 15h, na Catedral Metropolitana. “A nossa Catedral acolhe a toda família da arquidiocese juntamente com toda família diocesana de Cornélio Procópio… Muito nos alegramos e muito agradecemos a Deus o dom da vida do padre Marcos José, hoje monsenhor Marcos José, e nos unimos também como irmãos de ministério.”

Juliana Mastelini Moyses

Pascom Arquidiocesana

Fotos: Terumi Sakai

Paroquianos da Nossa Senhora das Graças, de Centenário do Sul, acompanharam o bispo eleito
Antes da entrevista, monsenhor Marcos José foi recebido na Mitra Arquidiocesana pelos funcionários do Centro de Pastoral

A reflexão da Festa deste ano tem sua base na proposta apresentada pelo Papa Francisco para a Igreja nos próximos anos: “comunhão, participação e missão”.

Na Catedral Metropolitana serão realizadas quatro celebrações: às 8h, às 10h30, às 15h e às 18h. O Vigário da Catedral, padre Wendel Perre dos Santos abre a programação com a missa das 8h, que contará com o toque do Coral Santa Cecília – com seus 85 anos de tradição na cidade – e a presença dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão (MESC) de toda arquidiocese.

O ponto alto do dia será às 10h30 com a missa solene presidida pelo arcebispo metropolitano, dom Geremias Steinmetz. Para esse momento, são esperados todos os padres e diáconos que compõem o clero da arquidiocese, além da participação massiva de seminaristas, religiosos e todo o povo de Deus. Autoridades Municipais, Estaduais e Federais também já confirmaram presença. “Este é o momento mais aguardado durante o ano por toda a comunidade católica da nossa cidade. Dentro da experiência sinodal que estamos vivenciando com o Papa Francisco, vamos estar todos participando em comunhão aqui na Igreja Mãe, a nossa Catedral do Coração” – pontua o Cura da Catedral, padre José Rafael Solano Durán, sobre o Dia de Oração pela Santificação do Clero. A celebração promete ser emocionante e será abrilhantada com um Coral composto por vozes vindas de diversas comunidades, tendo transmissão pela Rádio Alvorada.

Durante a tarde, como já é tradicional de todas as sextas-feiras do ano, às 15h, o Apostolado da Oração (Rede Mundial de Oração do Papa) participa da Santa Missa presidida pelo assessor do movimento, padre Paulo Henrique Alencar. Nesta data em especial são esperados os quase 5 mil membros do Movimento de todas as 83 paróquias da arquidiocese.

Ao final da tarde, a programação deste dia festivo se encerra às 18h com a “Missa Jovem”, presidida por padre Dirceu Júnior dos Reis, assessor do Setor Juvenil. A celebração contará com a presença de milhares de jovens e adolescentes dos diversos grupos de toda região.

FEIJOADA SOLIDÁRIA

Tendo em vista a proporção grandiosa da festa e a antecipação necessária para organização – devido à instabilidade sanitária – a comunidade optou por uma quermesse no modelo drive-thru para maior segurança de todos. A “Feijoada do Padroeiro” será realizada no Domingo, dia 26 de Junho. Cada porção custa R$50 (servindo até 4 pessoas). Os convites podem ser adquiridos na Secretaria da Catedral, ao lado da Livraria Dom Geraldo. A retirada será no estacionamento – no subsolo da Catedral – das 11h até às 15h. “Uma feijoada no almoço de domingo, ainda mais com esse friozinho, cai muito bem! Restam pouquíssimos convites! Vamos juntos com uma boa comida celebrarmos a Festa do nosso Padroeiro e também ajudarmos as obras de revitalização da nossa Catedral.” – conclui o Cura, Padre Rafael.

Catedral Metropolitana de Londrina

Foto: Terumi Sakai

Celebramos hoje a Solenidade do Santíssimo Sacramento do Corpo e Sangue de Cristo, data que nos ajuda a recordar que Cristo é o centro da Igreja. A procissão lembra a caminhada do povo de Deus em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento, o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da Eucaristia, o povo é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

Por isso, saímos às ruas e fazemos a procissão de Corpus Christi, tendo à frente o Santíssimo Sacramento, recordando a “arca da aliança”, que caminhava à frente do povo no deserto rumo à terra prometida, os abençoando e os livrando do perigo.

O povo apresentava as suas intenções e angústias, assim como acontece hoje; o Santíssimo Sacramento vai a nossa frente e apresentamos a ele nossas intenções. Recebemos a visita do Santíssimo pelas ruas de nossa cidade, anunciando a Sua presença na vida do nosso povo. Jesus se dá gratuitamente a nós nas espécies sagradas do pão e do vinho.

De modo especial, pedir ao Santíssimo Sacramento neste dia pela Igreja, pelo Papa, pelos bispos e por todo o clero, que nunca faltem ministros na Igreja para nos trazer a Eucaristia e que a Igreja possa continuar sendo sinal de Deus para o mundo. Rezar, também, pela conversão dos pecadores e que todas as pessoas possam encontrar em Jesus a paz, o amor e a misericórdia.

Graças e louvores sejam dados ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!

O Apostolado da Oração – Rede Mundial de Oração do Papa – divulga a Novena em preparação para a festa do Sagrado Coração de Jesus 2022. A novena inicia nesta quarta-feira, dia 15 de junho, e vai até a quinta-feira da Semana que vem, dia 23 de junho, véspera da festa do Sagrado Coração de Jesus.

Junte a família para fazer a novena:

 1° DIA DA NOVENA – 15/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração amável de Jesus, Coração puro e Santo, Todo cheio de amor: Coração repleto de todas as perfeições e virtudes. Vós sois o centro de todos os corações e mereceis o nosso amor. Destruí em nós tudo o que nos impede de ser Vossos. Jesus nós queremos amar tudo em Vós e Vós em tudo.

Sagrado Coração de Jesus, que quisestes ser nosso Alimento, para nutrir nossa alma pela sua divindade presente na Eucaristia, ajudai-nos a sentir mais e mais a sua presença na Eucaristia.

Sagrado Coração de Jesus aumentai a nossa Fé.

Oremos: Ó Deus que no Coração do vosso filho, Ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE- 3 x GLÓRIA…

2° DIA- DA NOVENA – 16/6

OFERECIMENTO DIÁRIO.

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração de Jesus, cheio de amor para com todos, por que nós vos correspondemos tão mal e até vos tratamos com desprezo? Temos sido ingratos e não sabemos amar-vos sobre todas as coisas. Convertei-nos e seremos convertidos.

Sagrado Coração de Jesus, neste dia em que comemoramos Corpus Christ, aumentei a nossa Fé, na sua presença real na Eucaristia, para que possamos recebê-lo na Eucaristia com mais amor, mais gratidão, pelo seu imenso amor por nós.

Oremos: Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE- 3x GLÓRIA…

.3°- DIA DA NOVENA – 17/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração de Jesus, Desejoso de ser amado, que achais vossas de  em delícias em ser amado para nós, merecíamos, por causa de nossos pecados, viver afastado de vossa graça. Mas sempre continuais a procurar nosso amor; Fazei que muito vos amemos depois de muito vos ter o ofendido.

Sagrado Coração de Jesus, Neste mês a Vós dedicado, ajudai-nos a compreender que a Eucaristia é ação de graças, a antecipação do Céu.

Para que possamos VIVENCIAR Mais a Sua presença real Neste Sacramento.

Sagrado Coração de Jesus aumentai a nossa Fé.

OREMOS: Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA…

4°- DIA DA NOVENA – 18/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração aflito de Jesus, Queremos de tudo o que a vos desagrada, dai-nos tanto horror ao pecado que evitemos até nas faltas mais leves, unicamente porque desgostam a vós, que sois digno de ser amado acima de todas as coisas. Concedei-nos a Graça, ó amável Salvador, de sempre nos dirigirmos a vós dizendo: Ó meu Jesus, dai-nos a vosso amor!

Sagrado Coração de Jesus, que vos queixastes a Santa Margarida Maria, da ingratidão dos homens, pela sua presença na Eucaristia.

Ajudai-nos a compreender a grandeza da HORA SANTA, para que possamos desagradar o seu Sagrado Coração pela ingratidão daqueles que ainda não sentiram sua presença na Eucaristia.

Sagrado Coração de Jesus aumentai a nossa Fé.

OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE: 3 x GLÓRIA…

5°- DIA DA NOVENA – 19/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração misericordioso de Jesus, mesmo quando nos achávamos na desgraça,  vossa bondade nos iluminou e nos ofereceu perdão. Concedei-nos a Graça de Chorarmos os nossos pecados e desejamos o vosso amor. Não deixeis, amado Jesus, de ter piedade de nós. Nós pedimos a vossa misericórdia que nos comunique a Graça de Nunca vos sermos ingratos.

Sagrado coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei que vos amemos cada vez mais, através das nossas orações e obras.

Sagrado Coração de Jesus, aumentai a nossa Fé.

OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA…

6°- DIA DA NOVENA – 20/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração generoso de Jesus, está no vosso poder fazer nossos corações semelhantes ao vosso. Por nós mesmos nada temos e nada podemos. Mas vós nos destes o desejo de vos amar. Fazei, pois, ó meu Jesus, que de hoje em diante a vossa santa seja inspiração dos nossos pensamentos, desejos e ações.

Sagrado Coração de Jesus, protegei os membros do Apostolado da Oração, das ciladas do inimigo, para que sejam perseverantes na missão de rezar pelas dificuldades que a Igreja enfrenta.

Sagrado Coração de Jesus, aumentai a nossa Fé.

OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA…

7- DIA DA NOVENA – 21/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração Eucarístico de Jesus, que vos mostrais sempre agradecidos a nós até por um copo d’água ou uma simples moeda, perdoa nossas ingratidões. Fazei que vos amemos sobre todas as coisas por toda a vida. Fazei também que reconheçamos a vossa santa vontade como auxílio de vossa graça.

Sagrado Coração de Jesus, neste dia em que comemoramos São Luiz Gonzaga, protetor dos seminaristas, olhai com amor estes jovens que se preparam para o sacerdócio, para que sejam perseverantes em sua vocação.

Sagrado Coração de Jesus aumentai a nossa Fé.

OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA…

8°- DIA DA NOVENA – 22/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração de Jesus, fonte de misericórdia e de amor; não permitais que vossos sofrimentos sejam desprezados por nós. Não nos deixeis esquecer das lágrimas e do sangue que derramaste por nós. Perdoa-nos. Fazei que mortifiquemos o que há de malicioso em nós para vivermos no vosso amor

Sagrado Coração de Jesus, iluminai com a luz do Espírito Santo, que brota do seu Sagrado Coração.

O Papa, os Bispos, para que possam conduzir a Igreja, conforme a sua Palavra.

Sagrado Coração de Jesus, aumentai a nossa Fé.

 OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA…

9°- DIA DA NOVENA – 23/6

OFERECIMENTO DIÁRIO

Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de Teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu ampara neste dia para que eu possa ser testemunha do Teu amor. Com Maria, Mãe da Jesus e da Igreja, rezo especialmente pela intenção do Santo Padre para este mês: pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que com gestos concretos vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida cotidiana.

Pai-nosso… Ave-Maria… Gloria…

Coração de Jesus, fiel para com todas as criaturas, quantas vezes, depois de termos prometido ser inteiramente vosso, nós vos negamos. Reconhecemos nossas ingratidões e queremos nos converter sinceramente. Aquecei nossos Corações no fogo do mesmo amor que abrasa o vosso coração.

Sagrado Coração de Jesus, amanhã é o dia a Vós dedicado, e dia mundial de orações pela santificação dos Sacerdotes, para que sejam canais de graça, Entre Deus e a humanidade.

 Para que sejam santificados pela Eucarístia e possam santificar o povo de Deus.

Sagrado Coração de Jesus aumentai a nossa Fé.

OREMOS; Ó Deus, Que no Coração do vosso filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, Fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda nossa vida. Por Cristo Nosso Senhor: amém.

REZE; 3 x GLÓRIA...

Na Solenidade da Santíssima Trindade, paróquia voltada ao trabalho com japoneses e descendentes da arquidiocese relembrou a chegada do Navio Kasato Maru ao Brasil em 1908

A grande presença de japoneses e descentes na cidade de Londrina e região é um fator que enriquece esta terra. Com seus conhecimentos, costumes e modo de ser, os japoneses contribuíram e contribuem com a cultura brasileira, destaca o padre Emanuel José de Paula, pároco da Paróquia Pessoal Nipo-brasileira Imaculada Conceição, paróquia que trabalha especificamente com os fiéis de descendência japonesa em Londrina.

No domingo, 12 de junho, a comunidade se reuniu para celebrar os 114 anos da imigração japonesa no Brasil, que é oficialmente comemorada no dia 18 de junho, em memória da chegada do navio Kasato Maru ao Porto de Santos em 1908. Os imigrantes na época instalaram-se especialmente nos Estados de São Paulo e Paraná. Hoje, o Brasil é o país que mais abriga japoneses e descentes fora do Japão, com mais de 2 milhões de nikkeis, 25 mil deles em Londrina.

“Rezamos para que a graça de Deus continue habitando sempre em cada família que aqui [na Paróquia Pessoal Nipo-brasileira] participa, que mantém a cultura, que decidiu pelo batismo, que decidiu pela fé e decidiu manter toda uma tradição vinda de um outro país, deixando-nos cada vez mais enobrecidos”, destacou o padre Emanuel.

Devido à presença do grande número de japoneses e descentes em Londrina, em 1989, o então arcebispo dom Geraldo Majella Agnelo decretou a criação da Paróquia Pessoal Nipo-brasileira Imaculada Conceição, nomeando como primeiro pároco o padre Lino Stahl, SJ, que havia trabalhado por 17 anos no Japão. Desde o fim da década de 1950, porém, padres vindos do Japão a convite de dom Geraldo Fernandes já desenvolviam um trabalho com os japoneses que aqui viviam.

Convite

Ao final da missa, padre Emanuel agradeceu e homenageou os nikkes e fez um convite à comunidade: “Peço que falem para os vossos parentes, amigos que temos essa paróquia pessoal, é a única na Arquidiocese de Londrina e na região creio que exista somente uma em Arapongas para os fiéis ucranianos. Então é um privilégio para a cultura japonesa. Chamem outras pessoas, para que aqui possa ser uma casa de acolhida, da convivência e da cultura, mantendo o que somos: nipo-brasileira”, encerrou.  

Pascom Paróquial Nipo-brasileira Imaculada Conceição

Fotos: Guto Honjo

A tradicional procissão de Corpus Christi, neste ano, no Santuário de Nossa Senhora Aparecida em Londrina, irá abençoar as ruas da Vila Nova, o comércio e as famílias. Além da confecção dos tapetes em um trecho de ruas próximo ao templo, o percurso irá passar pela Rua Grajaú, pela Avenida Araguaia e pela Rua Capiberibe. Em cada uma delas, a procissão faz pausas para reflexões, orações e bênçãos, conduzidas pelo pároco e reitor, padre Rodolfo Trilstz.

A comunidade irá iniciar a montagem dos tapetes no fim da madrugada, por volta das 5h. “Nossas equipes e membros das pastorais estão se organizando e se preparando para preencher alguns desenhos com pó de serra e outros materiais. E estamos pedindo doações para esse dia”, afirma o sacerdote. De acordo com ele, a comunidade está arrecadando alimentos não perecíveis, agasalhos, litros de leite, roupas em geral. Tudo será destinado a entidades assistenciais já ajudadas pelo Santuário.

A procissão seguida de missa terá início às 10h. Toda a comunidade londrinense está convidada a participar desse momento. “Essa manifestação pública da nossa adoração a Jesus é um momento de fé e de muita oração”, afirma o padre. À tarde, a partir das 16h, haverá a renovação dos votos e das promessas dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão (MESC).

Santuário Nossa Senhora Aparecida

Foto: Santuário de Nossa Senhora Aparecida/Divulgação

A imigração tem como marco inicial a chegada do navio Kasato Maru ao Porto de Santos em 18 de junho de 1908

O Dia da Imigração Japonesa, comemorado na semana que vem, será celebrado com missa em Ação de Graças na Paróquia Pessoal Nipo-brasileira Imaculada Conceição em Londrina (Rua Belo Horizonte, 795), no domingo, 12/6, às 8h30. A data faz referência ao 18 de junho de 1908, quando chegou ao Porto de Santos o navio Kasato Maru com os primeiros imigrantes japoneses no Brasil.

Padre Emanuel destaca que será um dia para agradecer a Deus pela contribuição que os japoneses deram a Londrina

A Santa Missa, que também comemora a Solenidade da Santíssima Trindade, quer homenagear e agradecer a Deus pela contribuição que os japoneses e descendentes deram à cidade de Londrina e região, onde estima-se a presença de mais de 25 mil descendentes japoneses.

“Agradecer a Deus pelas famílias japonesas que vivem aqui em Londrina, e também em toda região, pela contribuição na fé e também nas mais diversas profissões e ensinamentos culturais, que enobrecem a nossa cultura brasileira e servem de muita inspiração para o nosso dia a dia”, destaca o padre Emanuel José de Paula, pároco da Paróquia Nipo-brasileira de Londrina.

A missa será celebrada em português com algumas inserções em japonês, como a leitura bíblica e os cantos, que serão executados todos em japonês pelo Coral Akatsuki no Hoshi, da Paróquia Nipo-brasileira, além de decoração típica.

O Coral Akatsuki no Hoshi, da Paróquia Nipo-brasileira executará as músicas em japonês

Evangelização japonesa em Londrina

A evangelização católica dos japoneses em Londrina remonta a meados do século XX. Em 1958, o arcebispo da época, dom Geraldo Fernandes Bijos, trouxe do Japão dois padres japoneses (Haruo Sasaki e Pedro Katsumi Miyamoto) para trabalhar com a grande comunidade que se instalou aqui e que por tradição não conhecia o Evangelho e pouco falava do nosso idioma. Antes disso, em 1957, foi criado o Círculo Católico Estrela da Manhã (CCEM), com o objetivo de evangelizar jovens japoneses. O grupo funciona até hoje na paróquia nipo e é considerado o grupo de jovens mais antigo da Arquidiocese de Londrina.

Os dois padres começaram então um trabalho de evangelização, com visitas às colônias para conversar e atrair os japoneses à fé católica. Como ainda não existia o templo da Paróquia Imaculada Conceição, padre Sasaki fez um trabalho de arrecadação para a construção da igreja, a partir de festas, promoções e doações, inclusive de japoneses não batizados, que doavam espontaneamente para ajudarem a comunidade.

Desde o começo, as missas na Paróquia Imaculada eram realizadas em português e em japonês, esta apenas aos domingos, como é até hoje. No centro catequético da comunidade nipo, ao lado da igreja, paroquianos tinham aulas de português.

A partir de 1982 o trabalho com os japoneses foi realizado pelo padre Lino Stahl, SJ, que teve a preocupação de incluir os japoneses na cultura brasileira, sem perder os costumes orientais.

Uma paróquia para os japoneses

Em 1989, foi criada a Paróquia Pessoal Nipo-brasileira, funcionando paralelamente aos trabalhos da Paróquia Imaculada Conceição na Rua Belo Horizonte. A paróquia pessoal atende e reúne os japoneses e descendentes de toda cidade de Londrina e carrega a característica de manter sua personalidade, linguagem, costumes e tradições daqueles que a construíram, explica o padre Emanuel José de Paula.

Serviço

Missa em Ação de Graças pelos 114 anos da Imigração Japonesa no Brasil

Domingo, 12 de junho, às 8h30

Local: Paróquia Pessoal Nipo-brasileira Imaculada Conceição (Rua Belo Horizonte, 795)

Juliana Mastelini Moyses
Pascom Arquidiocesana

Fotos: Daniel Kanki e Guto Honjo

Na segunda-feira, 13 de junho de 2022, a Paróquia Santo Antônio de Cambé celebra o padroeiro. Em seu louvor, promove há 88 anos, desde 1934, uma das mais tradicionais festas religiosas a ele dedicada no Paraná.


A festa começa às 6 horas da manhã, na igreja matriz, com alvorada festiva e oração do Angelus. Às 7 horas e às 12 horas serão celebradas missas com a bênção dos pães. Às 18 horas tem missa solene seguida de procissão pelas ruas centrais da cidade. Ao final, será acesa a fogueira de Santo Antônio e começa a quermesse.


Bolo de Santo Antônio
Na festa do padroeiro não falta o Bolo de Santo Antônio “recheado” de medalhinhas. Neste ano, serão 9 mil pedaços, o equivalente a 1.200kg, sendo 35% deles com as peças do santo no interior. A entrega será a partir das 9 horas, no salão paroquial. O convite já está disponível em postos de vendas na cidade ao preço de R$ 6,00 a unidade. As medalhas e as fatias do bolo serão bentas. Quem não encontrar o objeto de devoção terá, da mesma forma, o alimento abençoado.


A partir das 7 horas da segunda-feira, 13, o bolo estará sendo confeitado e embalado por voluntárias no salão paroquial.

Curiosidade
Em 2015, dois casais celebraram matrimônio simultaneamente na igreja matriz no Dia de Santo Antônio. O detalhe (ou a providência divina assim o quis) é que se conheceram comprando bolo do “santo casamenteiro” na festa do ano anterior. Edvaldo Cândido casou com Elen Francis e Egner Danilo com Mayara Cristina.

Santo Antônio
Santo Antônio é português porque nasceu em Lisboa, é italiano porque evangelizou e morreu em Pádua, é universal por ser venerado em toda parte e em todas as épocas. É o santo mais venerado no mundo cristão.


É mais conhecido pelas tradições populares de casamenteiro, recuperador de objetos perdidos, distribuidor de pães e milagreiro. Pouco se fala sobre sua enorme devoção a Jesus e Maria, pelo amor aos pobres, sua santidade e Doutor da Igreja. Tão pouco é citado como o grande pregador e propagador do Evangelho que foi. Escreveu importantes sermões, hoje editados em livros. É esta sua principal vocação.

Serviço
6h: Alvorada Festiva
8h: Missa e bênção dos pães de Santo Antônio
9h: início da entrega do bolo de Santo Antônio (salão paroquial)
12h: Missa e bênção dos pães de Santo Antônio
18h: Missa solene e procissão
19h30: Quermesse (Centro de Eventos)

Paróquia Santo Antônio de Cambé, Rua Espanha, 289, Centro

Pascom Paroquial

Fotos: Divulgação

A vida se faz Comunidade

Vivendo ainda o Tempo Pascal, no mês de maio a Revista Comunidade voltou com as edições impressas, após dois anos de edições apenas on-line. O objetivo é que a revista volte a circular pelas nossas comunidades da mesma forma como, para as comunidades, depois desse período de isolamento, também é hora de voltar para o Senhor.

Por falar em comunidade, queremos nessa retomada recuperar o caráter comunitário da revista da Arquidiocese de Londrina, que desde o seu início, como Jornal da Comunidade (JC), traz essa marca impressa na sua natureza.

Seguindo essa ideia, a matéria de destaque deste mês, sobre dom Geraldo Fernandes, procura trazer experiências pessoais com o bispo nos mais diversos âmbitos da sociedade, longe, talvez, das histórias oficiais já conhecidas.

Na volta das edições impressas temos também uma novidade: a coluna Lei de Deus, assinada pelo padre Paulo Ricardo Batista, que abordará, a cada mês, um dos 10 mandamentos. 

As edições impressas ficarão disponíveis nas paróquias e no mês seguinte divulgaremos a edição on-line. Interessados em receber a revista em casa mandem um e-mail para: assinaturarevistacomunidade@gmail.com

Boa leitura!