Festas / Eventos Paróquias Útimas Notícias

Nesta semana, paróquias da arquidiocese celebram o padroeiro São José

#Compartilhe

Cinco paróquias da Arquidiocese de Londrina celebram o padroeiro São José no próximo dia 19 de março, feriado municipal em Jaguapitã e Rolândia. Celebrações incluem missa e procissão em honra ao pai de Jesus

 

 

Um santo silencioso, do qual não se conhece uma única palavra é reconhecido como o padroeiro universal da Igreja. Descrito na Bíblia como o homem justo, São José foi escolhido por Deus para criar seu Filho Único, Jesus. Esposo e pai, guardou e sustentou a Sagrada Família de Nazaré com o fruto do seu trabalho. Por isso é também padroeiro das famílias e dos trabalhadores.

 

A devoção ao santo é grande. Das 85 paróquias presentes na Arquidiocese de Londrina, cinco são dedicadas a São José: distrito de Irerê, distrito de Paiquerê, Jaguapitã, Rolândia e Jardim Leonor em Londrina, esta última especificamente dedicada a São José Operário. Todas celebram o dia do padroeiro, 19 de março, seja com uma programação religiosa ou festiva. A Revista Comunidade foi até a paróquia de Jaguapitã e a de Rolândia para escutar sobre essa devoção.

 

Celebrações ao padroeiro na Paróquia São José de Rolãndia

Como São José é padroeiro das duas cidades, dia 19 é feriado municipal. Em Rolândia a festa começa no dia 10 de março com a novena às 19h30. A cada dia esta trata sobre um tema diferente a respeito de São José. No dia 19, a primeira missa é às 7h da manhã, a seguinte às 15h, e a procissão e missa às 19h.  A festa ainda continua nos dias 20, 21 e 22, com shows, praça de alimentação, porco no rolete, sorteios e o 7º Caminho de São José, uma pedalada a partir das 7h no domingo, dia 22.

 

“É interessante porque a festa é uma redescoberta de São José. As pessoas têm um carinho muito grande. A devoção a Nossa Senhora ainda ganha, é imbatível, a cidade tem devoção muito importante a Nossa Senhora Aparecida, em seguida Nossa Senhora de Fátima e terceiro São José”, explica o pároco padre Joel Ribeiro Medeiros.

 

Feriado

No ano passado as paróquias de Rolândia se uniram para defender que o feriado do padroeiro se mantivesse no dia 19. Uma lei aprovada na câmara previa que se o feriado caísse nos dias de semana de terça a sexta-feira seria transferido para a segunda-feira. Por pressão dos padres e de toda comunidade, a lei foi revogada.

 

 

Procissão e missa marcam a celebração em Jaguapitã

 

Em Jaguapitã, São José é comemorado em duas datas: 19 de março a celebração religiosa e 26 de abril, depois da quaresma, dia festivo, com almoço e leilão de gado. A programação religiosa engloba uma procissão com a imagem do santo pelas ruas da cidade às 9h e logo em seguida a Santa Missa. Nos dias que antecedem a festa, 16, 17 e 18, o tríduo ao padroeiro traz a cada dia um tema sobre o pai de Jesus.

 

“É uma honra ter São José como nosso padroeiro, pela sua importância. Ele é o padroeiro da Igreja, esposo de Nossa Senhora e pai de Jesus”, conta Maria Helena Rossetto, coordenadora paroquial da Liturgia.

 

A procissão às 9h tem grande adesão das pessoas, principalmente dos devotos, explica Maria Helena. “É uma devoção mais singela, não tão aparente porque São José é um santo que não aparece tanto, mas tem um papel importantíssimo no plano de salvação, ele colaborou com o plano de salvação. Quem é devoto sente essa presença dele no silêncio, na humildade. O exemplo dele tem muito a ensinar”, comenta.

Celebração a São José na paróquia de Jaguapitã

 

Juliana Mastelini Moyses
Pascom Arquidiocesana

Fotos: Juliana Mastelini Moyses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *