A Pastoral Familiar convida os agentes de pastoral das paróquias e comunidades para a Formação Arquidiocesana sobre o Setor Pós-Matrimônio, que tem como objetivo auxiliá-los na missão de acompanhar, servir e ajudar as famílias.

 

A formação vai ser no sábado, 15 de maio, às 14h, pelas redes sociais da Arquidiocese de Londrina. Vai abordar a visão geral sobre o setor, oportunidades de ação e como fazer o planejamento na paróquia ou comunidade.

 

A Comissão da Iniciação à Vida Cristã e a Comissão da Pastoral Familiar convidam para a formação arquidiocesana sobre o método personalizado de catequese batismal, no próximo dia 20 de março. A formação é on-line pelo Google Meet. Mais informações com Gislaine Cabeças pelo WhatsApp: (43) 98475-8007.

 

 

 

Seguindo as lives do arcebispo com as pastorais da Arquidiocese de Londrina, dom Geremias Steinmetz conversa hoje com o assessor eclesiástico e a coordenadora arquidiocesana da Pastoral Familiar, padre Cleiton Rodrigo Dias Melo SF e Gislaine Cabeças, sobre o tema: “Igreja Doméstica, vivência da fé em família”.

Deixe a sua pergunta nos comentários.

A live tem interpretação em Libras, Marcio Ferri Dutra.

 

A Pastoral Familiar convida todas as famílias a participarem do 10º Simpósio Nacional das Famílias, no próximo sábado, 23 de maio, com transmissão ao vivo pelo Youtube da Pastoral familiar:  https://www.youtube.com/user/PastoralFamiliarCNBB.

 

Confira o convite do padre Crispim Guimarães, assessor da Comissão Vida e Família da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil):

 

No dia 7 de março, a Pastoral Familiar promoveu a primeira formação arquidiocesana de 2020, no Centro Pastoral Jesus Bom Pastor. O encontro teve como tema a Preparação para o Matrimônio e a Liturgia da celebração matrimonial. Contou com a presença de cerca de 250 agentes da Pastoral Familiar da Arquidiocese de Londrina.

 

Dividida em duas partes, primeiramente a formação abordou o subsídio “Matrimônio: encontro de preparação”, de André e Karina Parreira. O tema foi abordado pelo casal coordenador pré-matrimonial do Regional Sul II da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

 

Todos os 11 capítulos do subsídio foram estudados parte a parte, formando os agentes da pastoral para trabalhar o método personalizado, no qual “saímos do comodismo de nossa paróquia e vamos ao encontro dos noivos, fazendo uma catequese matrimonial”, explicou a coordenadora arquidiocesana da Pastoral Familiar, Gislaine do Socorro Cabeças.

 

O método personalizado está sendo usado também em outras dioceses, e, segundo a coordenadora, com resultados positivos. “Nós da Arquidiocese de Londrina estamos caminhando degrau por degrau para a implantar o método personalizado nas nossas paróquias, neste primeiro momento tivemos a presença e o auxilio do casal Edna e Gilberto, das Equipes de Nossa Senhora (ENS).

 

O arcebispo dom Geremias Steinmetz também participou do encontro, levou sua bênção aos participantes e mais uma vez agradeceu a presença da Pastoral Familiar na formação das novas famílias e auxílio com as famílias na arquidiocese, em especial aos casais de segunda união, que precisam ser acolhidos com misericórdia na nossa Igreja.

 

A segunda parte da formação foi ministrada pelo coordenador da Ação Evangelizadora da arquidiocese, padre Alexandre Alves Filho, que falou sobre o tema liturgia do matrimônio.

 

Pascom Arquidiocesana

Fotos: Roberto Vindica

A Pastoral Familiar promoveu uma assembleia arquidiocesana no sábado, 15 de fevereiro, no Centro de Pastoral Jesus Bom pastor. A assembleia apresentou a nova comissão coordenadora e o novo padre assessor, padre Cleiton Rodrigo de Mello Dias, SF. Também teve a presença do arcebispo dom Geremias Steinmetz, que abençoou os presentes.

 

No início da reunião, padre Cleiton falou da importância da Pastoral Familiar na formação da família cristã no contexto dos dias atuais, quando a família vem sofrendo um ataques que distorcem os valores cristãos.

 

“Nosso papel como Pastoral Familiar é resgatar o valor da família, formando a família um santuário de vida”, explicou a coordenadora arquidiocesana da pastoral, Gislaine do Socorro Cabeças. “Falamos da importância do contato direto com a família com o método personalizado, onde, indo ao encontro do noivo e da noiva, acabamos por adentrar nas famílias, na sua realidade e assim criar um vínculo onde catequizamos não só os noivos, mas seus familiares.”

 

A assembleia contou também com uma formação sobre a Campanha da Fraternidade (CF), cujo tema reflete realidades encontradas na família, como vícios, desemprego, doenças emocionais. “Este tema é um dos que estão nas urgências da Pastoral Familiar para este ano no Setor Promoção e defesa da vida”, explicou Gislaine.

 

Além da comissão arquidiocesana, estavam presentes na assembleia os coordenadores paroquiais da Pastoral Familiar a coordenação do Ministério para as Famílias da RCC.

PASCOM Arquidiocesana

 

 

 

 

Fotos: Roberto Vindica

No sábado, 25 de janeiro, os casais coordenadores da Pastoral Familiar das dioceses de Cornélio Procópio, Jacarezinho e Londrina se reuniram em Londrina para a primeira reunião provincial da pastoral. O encontro foi na Capela Mãe da Divina Providência, da Paróquia São Vicente de Paulo, Decanato Centro.

Os casais retomaram as últimas diretrizes da pastoral, em vigor de 2016 a 2019, e analisaram as novas diretrizes regionais do próximo triênio. Os representantes da província elegeram três pontos para trabalhar no próximo triênio: 1) formar agentes qualificados para o Setor Promoção, Respeito e Defesa da Vida; 2) promover parcerias com os diversos organismos internos e externos à Igreja para atender as gestantes, incentivo à adoção, ao problema do suicídio, dos idosos e outros; e 3) promover o aprendizado sobre o planejamento familiar natural: Método de Ovulação Billings (MOB).

O pastoral estabeleceu o compromisso com o empenho das formações personalizadas para a preparação pré-matrimonial, batismo, legitimação e recém-casados.

 

Pascom Arquidiocesana
Fotos: Divulgação