Congregações Notas Útimas Notícias

NOTA DE FALECIMENTO: Madre Tarcísia Gravina

#Compartilhe
A Arquidiocese de Londrina, com pesar, comunica o falecimento da Madre Tarcísia Gravina, MC.

Madre Tarcísia nasceu em Torraca, Itália, em 19 de setembro de 1927. É co-fundadora, junto com Madre Leônia Milito, da Congregação das Missionárias Claretianas. Faleceu hoje em decorrência de uma parada cardíaca.

 

Nos unimos em solidariedade às irmãs da Claretianas e elevamos a Deus a nossa prece que Ele a acolha em seu infinito amor.

 

O velório será restrito às irmãs claretianas no Santuário Eucarístico Mariano. Às 11h, o corpo sai em cortejo até o Cemitério São Pedro.

 


 

MADRE TARCÍSIA GRAVINA

Nome de batismo: Laura Maria Gravina

Nascimento: 19/09/1927 Torraca/Itália – Falecimento: 04/07/2021 Londrina/Brasil

 

Madre Tarcísia Gravina nasceu no dia 19 de setembro de 1927, foi batizada com nome de Laura Maria no dia 23 de outubro de 1927 e recebeu a confirmação em 22 de setembro de 1938. Filha de Biagio Gravina e Maria ConcettaLuisi. Teve 06 irmãos. Ingressou na congregação das Pobres Filhas de Santo Antonio no dia 06 de janeiro de 1947 em Nápoles Itália. Iniciou o Noviciado no dia 14 de outubro de 1948, fez a primeira profissão religiosa aos 10 de janeiro de 1950 em Nápoles Itália e a profissão perpétua em 11 de janeiro de 1955 e em nossa Congregação Claretiana aos 22 de julho de 1962 em Londrina/PR – Brasil.

 

Fez estudos de curso universitário em Nápoles; liturgia em Belo Horizonte/MG Brasil; liderança para Vida Consagrada em Roma Itália; Formação para a vida consagrada, missionária e Claretiana em Madrid na Espanha e em Roma Itália.

 

Enquanto Superiora Geral da Congregação participou em assembleias da Família Claretiana, da UISG(União Internacional das Superioras Gerais), em Roma e da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) em nível Nacional e em 1994 participou do Sínodo para a Vida Consagrada em Roma.

 

Exerceu diferentes atividades missionárias como superiora da comunidade e diretora do Asilo São Vicente de Paulo e da Creche Santa Isabel e professora no Jardim da Infância Santo Antônio, todos em Matão/SP Brasil. Superiora da comunidade e diretora da obra, serviço de triagem de menores em São Paulo/SP Brasil. Responsável das comunidades Claretianas do Nordeste brasileiro, superiora da comunidade de Formação no Colégio Pio XII em Londrina/PR Brasil.

 

Foi nomeada ecônoma geral por Dom Geraldo Fernandes no primeiro governo geral da nova Congregação em 1958, conselheira e vice geral e foi eleita superiora Geral no Capítulo de 1981, 1987 e 1993. Foi enviada à missão no Chile e exerceu a função de superiora da Delegação Independente Jesus Missionário, residindo na cidade de Quilpué por dez anos. Retornou do Chile e ficou residindo na Casa Mãe exercendo sua missão com muita alegria, disposição e carinho para com todas as irmãs, amigos que frequentam esta comunidade.

 

No dia 24 de março teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e ficou paralisada e configurando-se com o Cristo Redentor a cada dia. Teve poucas melhoras e hoje, dia 4 de julho às 10h15min teve uma parada cardíaca e deixou este mundo para a eternidade.

 

Devido a pandemia o velório será restrito às irmãs Claretianas de Londrina na comunidade da Sede geral no dia das 9 às 11h seguida do sepultamento no túmulo da Congregação Cemitério São Pedro de Londrina.

 

Descanse em paz querida Madre!

 

Ir. Mariza Rosseto MC
Secretária geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *