Pastorais, Movimentos e Organismos

Legião de Maria celebra centenário

#Compartilhe

Na última terça-feira (7), a Legião de Maria realizou, na Catedral Metropolitana, a celebração dos 100 anos do movimento do mundo. Os legionários rezaram o terço e participaram da Santa Missa presidida pelo padre Evandro Delfino, diretor espiritual.

 

Durante a celebração eucarística, o padre recordou a importância do serviço, da atuação dos leigos e da dedicação perseverante e humilde dos legionários. Ele fez a leitura da carta de Mary Murphy, presidente da Legião de Maria, parabenizando os legionários de todo o mundo por sua adesão durante este Ano do Centenário.

 

A Legião de Maria é uma Associação que nasceu em Dublin, na Irlanda, em 7 de setembro de 1921. Foi fundada por Frank Duff, leigo, em processo de beatificação.  De acordo com o Manual da Legião de Maria, “tem como fim a glória de Deus, por meio da santificação dos seus membros, pela oração e cooperação ativa, sob a direção da autoridade eclesiástica, na obra de Maria e da Igreja: o esmagamento da cabeça da serpente e a extensão do reino de Cristo.”

 

O nome do movimento faz analogia com a Legião Romana, exército da Roma Antiga. Assim sendo, como num exército em ordem de batalha, os legionários lutam nas batalhas da vida, revestindo-se da “armadura de Deus” (Ef 6,11), em espírito de união com Maria Santíssima.

 

A Legião de Maria está hoje presente nos cinco continentes. Chegou ao Brasil em 1951. Em Londrina, marca presença desde 1958, quando foi fundado o primeiro grupo de legionários na Paróquia Nipo-brasileira Imaculada Conceição.

 

Padre Evandro Delfino
Legião de Maria

Fotos: Guto Honjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *