Pastorais, Movimentos e Organismos Regional Sul 2 Útimas Notícias

Quarto encontro regional on-line da Pascom tratou sobre produção de conteúdo para as redes sociais

#Compartilhe

Seguindo as formações mensais da Pastoral da Comunicação do Regional Sul 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o encontro da última quinta-feira, 17 de junho, procurou responder às principais dúvidas sobre a produção de conteúdo para redes sociais. Ministrada pelo professor da PUCPR e jornalista Renan Colombo, mestre em Ciência Política doutorando em Ciências da Informação e especialista em Mídias Digitais, a formação dá seguimento ao encontro do mês passado, que abordou o engajamento nas redes sociais. O encontro contou com a participação de mais de 210 agentes das dioceses do Paraná e também de outros Estados do país.

 

O professor trouxe respostas para sete questionamentos: 1) Que redes sociais usar?; 2) Com que frequência postar?; 3) É melhor portar foto ou vídeo?; 4) Como funciona o algoritmo?; 5) Vale a pena impulsionar?; 6) Como interpretar métricas?; e 7) Devo contratar ferramentas?

 

Segundo ele, as repostas a essas dúvidas vão depender de uma análise do público que se quer atingir e o canal que se utiliza. Por exemplo, quais redes sociais utilizar depende de quais redes sociais o público que você quer atingir utiliza. Renan sugeriu observar os canais que mais fazem parte da rotina do público e lembrou que usar muitos canais gera uma demanda grande de trabalho.

 

A frequência das postagens em cada rede social é diferente, explica. Por exemplo, Twitter e Stories do Instagram têm uma necessidade maior de postagens já que têm um tempo de visibilidade menor. Já para o Facebook e o Feed do Instagram, que são postagens mais duradouras, é possível fazer menos postagens.

 

Outra dica importante dada pelo palestrante é sobre o algoritmo das redes sociais, o sistema que analisa o comportamento dos usuários que interagem com a página e determina a visibilidade que cada postagem terá. Segundo ele, estimulando o engajamento, ou seja, a interação do público com suas postagens, tanto curtindo, mas principalmente compartilhando e comentando, o algoritmo interpreta que mais pessoas estão interessadas nos seus conteúdos e, consequentemente, aumenta a sua visibilidade.

 

Testemunho

No testemunho pastoral deste mês, os agentes puderam conhecer a realidade da Pascom da Paróquia São José das Famílias, da Arquidiocese de Curitiba. A paróquia iniciou as transmissões das missas de forma adaptada utilizando celulares e, aos poucos, melhorou seus equipamentos e conhecimentos operacionais. Hoje transmite não só missas, mas também programas de evangelização através do canal do Youtube e de um canal de TV. Confira abaixo o vídeo do testemunho:

 

App

No encontro, foi apresentada também uma novidade no aplicativo da Pascom do Regional Sul 2. Um novo recurso disponível permite enviar notícias e fotos para serem publicadas no site da Pascom. Basta fazer um cadastro na home do aplicativo e enviar sua notícia.

 

Muticom

No encontro, dom Mario Spaki, bispo de Paranavaí e referencial da Pascom no Paraná, motivou os agentes a participarem do Mutirão de Comunicação 2021 – Muticom, que será on-line nos dias 23 e 24 de julho. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link: https://muticom.com.br/

 

Dom Mario apresentou uma meta para o número de participantes de cada diocese do Estado. Se a meta for cumprida, o Paraná terá, pelo menos, a participação de 1700 agentes no Muticom 2021.

 

Próximo encontro

O próximo encontro da Pascom do Regional Sul 2 será no dia 26 de agosto. Em vez da formação de julho, os agentes são convidados a participarem do Muticom.

 

Juliana Mastelini Moyses
Pascom Arquidiocesana

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *