O Encontro de Casais com Cristo (ECC) do Regional Sul da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) celebrou no dia 14 de março a missa de envio das equipes de trabalho do Congresso Regional, que será em Maringá de 16 a 18 de julho de 2021. O congresso engloba os quatro regionais sul da CNBB.

 

A missa foi na paróquia Santo Antônio de Pádua, em Maringá, e contou com a participação do casal arquidiocesano do ECC, Osnei e Cláudia Mancini, e membros do ECC da arquidiocese que compõem as equipes de trabalho.

 

Na missa também foi feita a entrega da capelinha para peregrinação nas paróquias das dioceses dos Regionais Sul da CNBB: São Paulo (Regional Sul 1), Paraná (Regional Sul 2), Santa Catarina (Regional Sul 4) e Rio Grande do Sul (Regional Sul 3) até junho de 2021.

 

Pascom Arquidiocesana

Fotos: Divulgação

O frei Rodrigo Vieira da Silva, OSA, pároco da Paróquia São Pedro Apóstolo e Nossa Senhora de Fátima, Decanato Rolândia, é o novo Diretor Espiritual Arquidiocesano do ECC (Encontro de Casais com Cristo) para o ano de 2020. Na foto, frei Rodrigo está com o casal arquidiocesano do ECC Osnei e Cláudia Mancini.

 

ECC

O serviço escola de evangelização para as famílias Encontro de Casais com Cristo tem como objetivo atrair casais, afastados ou não, para a Igreja para se engajarem nas pastorais da arquidiocese, dando vida e novo ânimo, auxiliando e desenvolvendo a Igreja no processo de evangelização.

 

Neste ano, o ECC completa 50 anos de fundação e 39 anos na Arquidiocese de Londrina. Nesse período, mais de 25 mil casais vivenciaram o ECC e segundo último censo, feito em novembro de 2019 pelos casais, na arquidiocese são 43 paróquias ativas com o serviço e mais de 2,7 mil casais engajado, servindo a Igreja nas pastorais.

 

Celebração

No dia 26 de setembro, o arcebispo dom Geremias Steinmetz preside a Santa Missa em Ação de Graças pelos 50 anos do ECC no Brasil e os 39 anos em Londrina, às 17h na Paróquia Nossa Senhora das Graças, Decanato Centro.

Uma programação especial vem sendo desenvolvida por todo o Brasil para celebrar os 50 anos de criação do Encontro de Casais com Cristo (ECC) criado pelo padre Alfonso Pastore, em abril de 1970, data em que o religioso teve uma inspiração e anotou o que veio à mente: uma sequência de palestras, testemunhos e sociodramas. Nascia assim o Encontro de Casais com Cristo.

 

Jornada do criador

O lançamento do período Jubilar aconteceu durante o XXII Congresso Nacional do ECC realizado em Brasília em julho de 2019. Em 50 anos de existência, mais de 3 milhões de casais vivenciaram o Encontro de Casais com Cristo e testemunham as mudanças em suas vidas.

 

Padre Alfonso Pastore nasceu no dia 8 de novembro de 1932 no município de Soledade, no Rio Grande do Sul. Quando ainda era criança, a família resolveu se mudar para Iomerê, em Santa Catarina, onde mais tarde ele ingressou no seminário.

 

Embora tenha se tornado conhecido como o criador do ECC, o padre Alfonso Pastore criou encontros semelhantes para jovens, adolescentes e famílias incompletas; trabalhou na formação de pequenas comunidades em todos os lugares por onde passou; criou uma forma diferenciada de preparar os casais para o matrimônio e teve uma atuação destacada na Pastoral Carcerária, denunciando as condições precárias dos presídios brasileiros. Participou das discussões sobre este assunto na Assembleia Nacional Constituinte em 1987.

 

Vítima de um câncer no cérebro, o padre Alfonso morreu, aos 67 anos, no dia 17 de março de 2000 na cidade de Vitória (ES) e foi sepultado, a pedido, em Iomerê. Na lápide de seu túmulo está a frase que o acompanhou por toda a vida: “Se não for para ir para o céu, não vale a pena viver”.

 

ECC na história

O mundo passou por grandes transformações sociais, econômicas, políticas e culturais na segunda metade do século XX, o que afetou – em demasia – a vida da sociedade como um todo, com claras evidências da expansão do materialismo.

 

Essa “nova visão” do mundo começou a preocupar um jovem sacerdote de nome Alfonso Pastore, criado em um ambiente de interior e em uma família muito religiosa. Alfonso foi ordenado sacerdote em 1958, com 25 anos, pela ordem de São Camilo, conhecidos como padres camilianos.

 

Em 1968, Padre Alfonso Pastore foi transferido para a Paróquia Nossa Senhora do Rosário, no bairro Pompeia, em São Paulo. A paróquia já desenvolvia um trabalho de evangelização voltado às famílias, mas o sacerdote ainda achava pouco. A preocupação dele com a evangelização só aumentava e ele queria agir com urgência.

 

A inquietação tomava conta daquele sacerdote. Em uma noite, no mês de abril de 1970, ele teve uma inspiração e anotou o que veio à mente: uma sequência de palestras, testemunhos e sociodramas. Nascia assim o Encontro de Casais com Cristo. A proposta foi encaminhada à Arquidiocese de São Paulo e teve a aprovação do então arcebispo, dom Paulo Evaristo Arns.

 

Padre Alfonso Pastore não perdeu tempo e tratou de organizar o primeiro encontro com a máxima urgência. E nos dias 10, 11 e 12 de julho de 1970 foi realizado o primeiro ECC na Paróquia Nossa Senhora do Rosário em Pompeia. Outros encontros foram realizados logo em seguida, nos meses de agosto, setembro e outubro.

 

O ECC se expandiu rapidamente para outras paróquias de São Paulo, para outras cidades do Estado de São Paulo, gradativamente para outros brasileiros e, finalmente, para todo o País.

 

O rápido crescimento exigia a criação de normas que mantivessem a essência do encontro onde quer que ele fosse realizado em qualquer lugar do País. Assim, em 1985, foi criado o Documento Nacional, reunindo os conteúdos produzidos pelo próprio Padre Alfonso Pastore e pelo casal Kleber Antonio Ferreira e Laureci Henriqson Ferreira, de Porto Alegre, com a contribuição das coordenações regionais. O Documento Nacional é uma espécie de Constituição do ECC.

 

Prece

Rogamos a Deus que continue abençoando a evangelização das famílias no Brasil através do Encontro de Casais com Cristo que celebra seu jubileu de Ouro. Cremos na vida, cremos na família. Rezemos!

 

CNBB

Foto capa: XXVII Encontro de Casais da PM em Goiás

No ano que antecede o jubileu de 50 anos do Encontro de Casais com Cristo (ECC), 358 casais congressistas do ECC, se reuniram em Brasília (DF), nos dias 12, 13 e 14 de julho, para o XXII Congresso Nacional do ECC, que teve como tema: Evangelização, formação e missão, a caminho dos 50 anos, e com o lema: Ide e fazei discípulos meus (Mt 28,19).

Exclusivo para casais dirigentes e diretores espirituais do ECC, o encontro recebeu também dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico no Brasil, que é o representante do Papa Francisco no país; o arcebispo de Brasília, dom Sérgio da Rocha; e dom Adair José Guimarães, bispo da Diocese de Formosa (GO) e assistente eclesiástico nacional do ECC.

O diretor espiritual do Congresso, padre Silvano Jader, comentou que Brasília recebeu os casais do ECC com os sentimentos do Evangelho. “Os recebemos com o sentimento do Evangelho, quando Cristo nos fala da graça, que ela deve ser transbordante. Aquilo que vem de Deus não pode ser pequeno em nossas vidas e aquilo que recebemos deve transbordar, justamente para que inunde o coração dos outros, dessa alegria, dessa paz”, expressou o padre.

A Arquidiocese de Londrina esteve representada pelo casal Osnei e Cláudia, da Paróquia Santo Antônio, de Cambé, pelo diretor espiritual arquidiocesano, padre Wagner Rodrigues, pelo casal do regional, Sebastião e Regina, da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, padre Laudino e pelo casal Marcos e Regina.

O casal Osnei e Cláudia ficaram com a responsabilidade de apresentar um tema no encontro no painel que tratou sobre a Casa Bom Samaritano, trabalho que o ECC assumiu em Londrina.

 

Lembrando das palavras de dom Adair Guimarães, assistente eclesiástico nacional do ECC, o casal ressaltou que ‘a Igreja crê na missão do ECC’, que é fornecer casais para as pastorais das nossas paróquias. “O ECC, esse serviço e escola da Igreja Católica, nos faz cada vez mais acreditar que vale a pena investir na família, pois ela é o farol que irradia o amor de Deus”.

 

O encontro foi a oportunidade de observar a dimensão do trabalho do ECC. “Lá tivemos a noção do tamanho dessa obra magnífica que se chama Encontro de Casais com Cristo, da qual temos muita alegria em fazer parte”, conclui o casal.

 

Confira o depoimento do casal Osnei e Cláudia sobre XXII Congresso Nacional do ECC :

“Para nós, Osnei e Cláudia, casal arquidiocesano do ECC, foi uma experiência imensurável por ter a oportunidade de vivenciar a real dimensão que é o Serviço Escola ECC de evangelização para as famílias a nível Brasil. A presença de tantos bispos e padres faz sermos, ainda mais, desejosos por essa Igreja Católica, onde professamos nossa fé e servimos, dando uma dose dupla de motivação e tendo a convicção que estamos no caminho certo, pois evangelizar é preciso e devemos começar pela família.

O ECC é responsável por essa escola de evangelização e está habilitado pela CNBB através do Documento Nacional do ECC para conduzir os casais a serem servidores de Nosso Senhor Jesus Cristo a partir da vivência do Sacramento do Matrimônio vivenciado no Encontro de Casais com Cristo (ECC).

O XXII CONGRESSO NACIONAL DO ECC EM BRASÍLIA na data do dia 12, 13 e 14/07/2019 reafirmou para nós que a Salvação passa pela Família, por isso Nós através do ECC nunca desistiremos dos casais para formarmos verdadeiras famílias Cristãs através da célula vital que é a família doméstica evangelizada pela vivência do Encontro de Casais Com Cristo. Sagrada Família de Nazaré, Jesus, Maria e José, roga por nós!

 

Nós também representamos a arquidiocese, como Casal do ECC, ministramos um painel de experiência social onde apresentamos o trabalho administrativo, social e evangelizador feito por casais que compõem a diretoria da Casa do Bom Samaritano de Londrina desenvolvendo um trabalho social com moradores de rua, transeuntes e Centro Educacional Infantil, onde estes casais pois ter vivenciado a 3 Etapa do ECC se engajaram no serviço social de nossa Arquidiocese de Londrina.”

Padre Wagner Rodrigues – diretor espiritual arquidiocesano do ECC

Novo Casal Regional Sebastião e Maria Regina Nunes são da Arquidiocese de Londrina

A Diocese de Jundiaí-SP acolheu nos dias 7, 8 e 9 de Setembro, o XVII Congresso do ECC da Região Sul. Na ocasião aconteceu a posse do Diretor Espiritual e do Casal Regional do ECC (Encontro de Casais com Cristo) do Estado do Paraná para o trênio 2018 – 2021.

 

O Diretor Espiritual será o Padre Marcos José Albuquerque, que pertence à Diocese de Paranaguá, e o casal Sebastião Cicero Nunes e Maria Regina Nunes, que pertencem à Arquidiocese de Londrina-PR.

Padre Marcos José Albuquerque e o casal Sebastião Cicero Nunes e Maria Regina Nunes (Foto Regional Sul 2)

O Congresso contou com a participação de 120 casais representantes de 74 Dioceses dos estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, assim como os respectivos presbíteros, diretores espirituais e nove bispos convidados, entre eles, Dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo de Presidente Prudente-SP e assessor eclesiástico nacional do ECC. O Congresso foi marcado por momentos de oração, de partilha através dos círculos bíblicos e das palestras.

 

Durante o encontro foi falado sobre os desafios que o ECC enfrenta hoje, que são os desafios da família cristã diante das modernidades, das ideologias e das mídias, sobretudo no que se refere a evangelização dos filhos. “Apesar dos desafios, é um convite a todos nós continuarmos essa missão”, destacou Dom Benedito.

CNBB Regional Sul 2

 

 

Fotos Arquivo pessoal

 

Nos dias 14, 15 e 16 de setembro de 2018 no Centro Catequético da Paróquia Missão Santa Cruz, em Montréal (Canadá) foi realizado o Primeiro Encontro de Casais com Cristo (ECC) de 1ª Etapa na Diocese de Montréal (Canadá), com o amadrinhamento da Secretaria Nacional – Brasil.

A equipe brasileira envolvida na implantação contou com a presença de um casal da Arquidiocese de Londrina, Marcos e Regina Honda, e um sacerdote: o diretor espiritual, Pe. Luiz Laudino, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Decanato Sertanópolis.

Para a manutenção e consolidação desta implantação, foram designados o Diretor Espiritual Pe. Julien Masson e o Casal Cícero e Simone, para ocupar a função de Diocesano, os quais terão ligação direta com a Secretaria Nacional/Brasil. Representando o Assistente Eclesiástico Nacional dom Benedito, Pe. Laudino entregou ao diretor espiritual e ao casal o documento nacional formalizando o aceite com o compromisso de zelar por suas diretrizes e organização estrutural com mandato até o final de 2021.

O Encontro de Casais com Cristo (ECC) é um serviço da Igreja em favor da evangelização das famílias. Procura construir o Reino de Deus, aqui e agora, a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo. Para isto, busca compreender o que é “ser Igreja hoje” e de seu compromisso com a dignidade da pessoa humana e com a Justiça Social.

Coordenação Regional do ECC

Nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro de 2018 estiverem reunidos na Casa de Retiro Emaús os Diretores Espirituais e Casais (Arqui)Diocesanos do ECC das 14 (Arqui)Dioceses do Regional Sul 2, que tem o ECC implantado, eleitos para o triênio 2018 à 2020 para 3 dias de Formação, Espiritualidade e Comunhão conduzido pelo Diretor Espiritual Regional Pe. Luiz Laudino e pelo Casal Regional Sul 2 Marcos e Regina Honda, e contaram com a presença de Dom Benedito Gonçalves dos Santos, Assessor Eclesiástico Nacional do ECC, e Bispo da Diocese Presidente Prudente, e também, de Dom Geremias Steinmetz, Arcebispo da Arquidiocese de Londrina.

Foram 3 dias de espiritualidade, dinâmicas, palestras, grupos de estudos e crescimento espiritual para que o ECC do Regional Sul e caminhe em comunhão e unidade.

Por trás do ECC existe a preocupação em manter vivos nas famílias os valores humano-cristãos como gratuidade, relacionamento, união familiar e oração, sob pena de falência da própria família, da sociedade e da Igreja, no sentido de proporcionar pistas para que os casais possam se reencontrar com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo.

Tanto os Diretores Espirituais e Casais (Arqui)Diocesanos saíram da Formação com a certeza que todo serviço, toda missão, só acontecerá numa atitude de agradecimento a Deus pelo que Dele recebemos e quando caminharem em unidade com as orientações do Documento Nacional do ECC.

Quem segue Cristo não pode deixar de tornar-se missionário, e sabe que Jesus «caminha com ele, fala com ele, respira com ele, trabalha com ele. Sente Jesus vivo com ele, no meio da tarefa missionária» (Exort. ap. Evangelii gaudium, 266).

Regina Honda
ECC Regional