Na noite da última terça feira, 18 de dezembro, a Catedral Metropolitana de Londrina realizou o Concerto de Natal com os corais Santa Cecília, Vox Deo e União. Na harmonia entre solo e coro formado por mais de cem vozes, a apresentação emocionou as milheres de pessoas que lotaram a catedral. Na regência de Luiz Fontanari e Regina Balan, a apresentação trouxe o verdadeiro sentido do Natal com seu encanto pelas luzes e pelas vozes. O concerto natalino enriqueceu o coração de todos com nobres sentimentos de alegria, paz e esperança. Que cada Família receba neste Natal a visita salvadora do Menino Jesus e que todos tenham paz, amor e união.

 

<Mais fotos clique aqui>

A Catedral Metropolitana de Londrina realizará o DIA PENITENCIAL na próxima sexta feira, 21/12, das 8h às 20h com padres disponíveis para administrar o Sacramento da Reconciliação.

Na segunda-feira (17/12) e na quarta-feira (18/12), a Catedral não terá confissões para que todos possam se preparar para bem celebrar o sacramento no DIA PENITENCIAL na sexta-feira.

Todos os fiéis estão convidados para essa momento em preparação à chegada do Salvador, o Menino Jesus.

“O exame de consciência se faz diante de Deus, escutando sua voz na consciência”.

O Setor Juvenil da Arquidiocese de Londrina divulga para todos os coordenadores de grupo de adolescentes e jovens o CALENDÁRIO OFICIAL DE 2019 com as principais atividades do ano para que todos possam se organizar e motivar seus integrantes.

Entre as atividades programadas já temos as formações sobre o Documento que será lançado em breve pelo Papa Francisco, resultado do Sínodo da Juventude. Organize o calendário do seu grupo em harmonia com o calendário do Setor Juvenil.

Confira:

Parte da arrecadação fica na arquidiocese e será utilizado pela Ação Evangelizadora em trabalhos organizados pelas pastorais, movimentos e serviços

 

No próximo domingo, 16, as comunidades farão a Coleta Nacional da Campanha para a Evangelização, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Nas Missas desse dia, a coleta será destinada para a campanha que tem como objetivo colaborar com as atividades evangelizadoras da arquidiocese e do Brasil. A campanha ajuda principalmente obras das Comissões Episcopais de Pastoral da CNBB e de algumas dioceses e prelazias com menos recursos.

Partilha

O gesto concreto de colaboração na Coleta da Campanha para a Evangelização será partilhado, solidariamente, entre as arquidioceses, dioceses e prelazias, que receberão 45% dos recursos. Os 18 regionais da CNBB terão 20% e o Secretariado-geral da CNBB contará com 35% das contribuições.

Assim partilhados, os recursos devem apoiar inúmeras iniciativas da Igreja no Brasil no serviço da evangelização, da dinamização das pastorais, na luta pela justiça social, nas experiências missionárias das Igrejas irmãs e na missão ad gentes.

No caso do Secretariado-geral, a parcela da arrecadação é destinada aos principais eventos e projetos da CNBB, como as reuniões de seus conselhos episcopais e as iniciativas das comissões episcopais.

 

Oração da Campanha de Evangelização

Deus, nosso Pai, quereis a salvação de todos os povos da Terra.

Nós vos pedimos que susciteis em nós o compromisso com a Evangelização, para que todos conheçam a vida que de vós provém.

Nós vos pedimos que nossos projetos evangelizadores sirvam para nossa santificação e da sociedade inteira que, assim, será justa, fraterna e solidária.

Nós vos pedimos que, em nossas comunidades e em toda a Igreja no Brasil, cresça o sentimento de partilha e que, por meio da Coleta para a Evangelização e do testemunho de comunhão, todas as comunidades recebam a força do Evangelho.

Por nosso Senhor Jesus Cristo vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Amém.

 

(Com informações: CNBB)

Santa Missa solene presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz comemorou os 34 anos da dedicação e o aniversário de 84 anos de Londrina

 

A Catedral de Londrina celebrou no domingo, 9 de dezembro, os 34 anos da cerimônia de sua dedicação e o aniversário de 84 anos da cidade de Londrina, este último comemorado no dia 10 de dezembro.  “É todo um processo histórico, litúrgico, celebrativo, onde encontramos grandes oportunidades para mais uma vez sustentar a nossa filiação com Deus, porque nós somos as pedras vivas do seu templo”, explica padre Rafael Solano, pároco da Catedral.

A Santa Missa foi presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz e concelebrada pelos padres da Catedral, padre Rafael Solano e padre Dirceu Júnior dos Reis. Na homilia, dom Geremias destacou o significado de se comemorar o aniversário da dedicação de uma igreja. “A Catedral, essa igreja física, tem que ser sinal de uma igreja concreta, no dia a dia, onde somos tijolo nesta construção, cada um de nós, todos nós batizados. Sempre gosto de repetir com que orgulho olha-se para a Catedral no centro da cidade, no alto da colina, mostrando que o povo fez sim uma experiência muito concreta, uma experiência da fé para construir esta cidade.”

O arcebispo parabenizou a cidade e pediu a Deus que abençoe os londrinenses. “Que Deus continue nos abençoando, nos faça ter muito trabalho, mas que seja um trabalho abençoado, para que possamos crescer e ser uma cidade cada vez melhor. E a Catedral do Coração seja um espaço de cultivo de santidade, de cultivo do seguimento de Jesus Cristo, do discipulado, e assim uma igreja santa, que se dedica à evangelização, possa ser um sinal para esta cidade”, conclui dom Geremias.

Em homenagem a Londrina, os fiéis cantaram, junto com o Coral Santa Cecília, o hino da cidade. Na procissão das oferendas, o pão e o vinho foram conduzidos até o altar pelas irmãs Maria Antonieta e Maria Eugênia Balan, filhas de Olinda e Luiz Balan, família pioneira da cidade. A procissão relembrou também as pessoas de tantas nacionalidades que se instalaram aqui e fazem de Londrina a “cidade do Senhor”.

Celebrar

A dedicação de uma igreja representa o selo, o carimbo que é colocado naquele lugar mostrando que ele pertence a Deus, explica o padre Rafael Solano. “Tudo na igreja está dedicado para Deus, mas o gesto do bispo de vir, abençoar o altar, incensar o altar, abençoar as cruzes, abençoar o sacrário, cada uma das partes da igreja tem um significado realmente sobrenatural para nós, porque assim como somos pedras vivas do templo de Deus, também nós encontramos e percebemos a grandeza de uma vida que através dos sinais, neste caso de uma igreja construída com tijolos materiais, nos representa. Por isso a dedicamos ao Senhor”

A cerimônia de dedicação deve ser celebrada anualmente, assim como se celebra o aniversário de casamento ou de ordenação sacerdotal, por exemplo. “A Catedral é a Igreja mãe de todas as igrejas desta região. Por isso o bispo vem na celebração. A Catedral como um todo se abre para a realidade de acolhida de todas as igrejas”, explica padre Rafael.

Decoração de Natal

Ao final da Missa, padre Rafael explicou aos fiéis sobre a decoração natalidade deste ano. O presépio em arte contemporânea, criado pela artista Márcia Vince com materiais reciclados e reaproveitados, está exposto do lado esquerdo da igreja. Traduz o contraste entre o luxo e a simplicidade, a riqueza e a humildade de onde Jesus nasceu. Os personagens humanos do presépio são todos retangulares, para simbolizar que todos são iguais diante de Deus.

Dentre os materiais utilizados, o lírio de São José, por exemplo, foi feito com guardanapos. As asas do anjo são compostas de 230 latinhas recortadas no formato de penas. A coroa de Nossa Senhora foi feita com uma peneira e utensílios de fritura que a mãe da artista usava na década de 1960. Os retalhos das capas dos reis magos formam uma colcha de retalho. Em meio à simplicidade da estrebaria onde Jesus nasceu, a renda por sobre o telhado expressa a divindade presente ali.

Compondo a decoração de Natal da Catedral de Londrina, junto ao presépio, e por toda lateral da igreja, estão expostas pinturas natalinas de crianças portadoras de Síndrome de Down da APS-DOWN Londrina.

 

Juliana Mastelini Moyses
Pascom Arquidiocesana

<Mais fotos clique aqui>

Fotos: Daniel Kanki / Guto Honjo

“Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2, 5) é o lema do neo-sacerdote da Igreja de Londrina

 

Na solenidade da Imaculada Conceição, dia 8 de dezembro, a arquidiocese ganhou um novo sacerdote, o padre Humberto Lisboa Nonato Gema. A ordenação foi celebrada durante Santa Missa presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz na Paróquia São Judas Tadeu, Decanato Oeste, onde Humberto realizou trabalho pastoral na última parte de sua formação para o sacerdócio, o ano de síntese vocacional.

Padres da arquidiocese concelebraram a Santa Missa, que teve a presença de familiares, amigos, diáconos, religiosos, seminaristas e fiéis. Na celebração, o ordenado prometeu obediência e assumiu diante da comunidade a missão com a Igreja e o povo de Deus. O lema sacerdotal do padre Humberto é extraído do Evangelho de João: “Fazei tudo o que Ele vos disser.”

Padre Humberto celebrou sua primeira Missa no domingo também na Paróquia São Judas Tadeu, às 9 horas.

Como padre, estará à frente do Lar Sacerdotal da Arquidiocese de Londrina e do trabalho nos hospitais.

 

Pascom Arquidiocesana

 

 

<Mais fotos clique aqui>

Fotos: Guto Honjo / Terumi Sakai