O Apostolado da Oração – Rede Mundial de Oração do Papa da Arquidiocese de Londrina realizou no domingo, 29 de maio, uma peregrinação ao Santuário Nossa Senhora Aparecida, de Londrina. Cerca de 800 membros do apostolado participaram do evento, que contou com a recitação do terço, formação sobre Santa Margarida Maria Alacoque, ministrada pelo padre Paulo Henrique Alencar, assessor do apostolado, e a Santa Missa.

A peregrinação teve a participação dos 11 decanatos da arquidiocese, que foram representados por coordenadores e membros do Apostolado da Oração. Contou também com um momento de  consagração de novos membros, testemunhos de graças alcançadas e encerramento  com partilha.

Pascom Arquidiocesana

Fotos: Terumi Sakai

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida do Norte do Paraná, na Vila Nova em Londrina, fará uma consagração especial da Ucrânia e da Rússia a Nossa Senhora, de modo particular ao Imaculado Coração de Maria. A oração é um pedido do Papa Francisco que, por meio da Santa Sé, enviou ofício pedindo que as dioceses pelo mundo consagrem à Mãe de Cristo os dois países, em guerra no leste europeu. A oração de consagração também foi enviada pelo Vaticano e será realizada na próxima sexta-feira (25), durante todo o dia. A oração do Santo Padre será às 17h locais (13h pelo horário de Brasília).

O padre Rodolfo Trisltz, pároco e reitor do Santuário, ao atender o pedido do Papa Francisco, realizará a oração de consagração no final da missa penitencial, que tem início às 5h30, na sexta-feira (25). “Os esforços do Papa têm sido no sentido de pedir paz no mundo, além de consagrar os países em guerra a Nossa Senhora, para que as pessoas e populações deixem de sofrer, de serem forçadas a sair de casa e deixem de morrer”, ressalta o sacerdote. O Santuário realiza a missa penitencial durante o período da Quaresma e, logo após a celebração, procissão e oração do terço.

Aparição de Fátima

A mesma consagração que o Papa Francisco e o mundo farão também será realizada em Fátima, Portugal, pelo cardeal Konrad Krajewski. É que o pedido está diretamente relacionado a essa aparição mariana, no dia 13 de julho de 1917. Um dos pedidos de Nossa Senhora era a consagração da Rússia ao seu Imaculado Coração, dizendo que, se este pedido não fosse atendido, a Rússia espalharia “seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja. (…) Os bons serão martirizados, o Santo Padre sofrerá muito, várias nações serão destruídas”.

Depois da aparição de Nossa Senhora de Fátima, várias consagrações da Rússia foram realizadas. Entre elas, pelo Papa Pio XII, em 31 de outubro de 1942 e em 7 de julho de 1952; por Paulo VI, em 21 de novembro de 1964; e pelo Papa João Paulo II, em 7 de junho de 1981, repetido em Fátima em 13 de maio de 1982 e em 25 de março de 1984, na Praça São Pedro. O último segredo de Fátima só foi revelado no ano 2000 e, na ocasião, a Santa Sé confirmou que a última consagração, em 1984, havia, de fato, sido confirmada pela própria irmã Lúcia, a quem a Virgem apareceu, como um ato de consagração solene e universal que correspondia ao que Nossa Senhora pedia.

CNBB

Já a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Nunciatura Apostólica realizarão uma missa às 7h, na Capela Nossa Senhora Aparecida, na sede da entidade em Brasília (DF). Quem presidirá a celebração será o bispo auxiliar do Rio Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado. A celebração eucarística será transmitida por emissoras católicas de televisão como Rede Vida de Televisão, TV Aparecida, TV Horizonte, TV Pai Eterno, TV Imaculada, TV Nazaré, TV Evangelizar e pelas redes socais da CNBB.

Santuário Nossa Senhora Aparecida de Londrina