A Missa Crismal, ou Missa dos Santos Óleos, movimentou a Arquidiocese de Londrina na última Terça-feira Santa, 12 de abril, na Catedral. Cerca de 1500 pessoas participaram presencialmente, entre padres, diáconos, religiosos e leigos, e outras 800 através da transmissão pelas redes sociais. Uma celebração com ritos e gestos muito bonitos que encantam os olhos de quem participa.

O que quase ninguém vê são os trabalhos voluntários realizados nos bastidores para que tudo saia da melhor forma. Liturgia, música, ornamentação… E um ainda mais escondido, que entra em ação após o rito da bênção dos Santos Óleos, depois da homilia da missa. É a equipe de leigos responsável por distribuir em pequenos vidros os Santos Óleos que serão levados para as 83 paróquias da arquidiocese.

“Começa-se a missa, aí tem a bênção do óleo, em seguida esse óleo vem num jarro, e a gente tem que colocar nos vidros e preparar os kits para que eles sejam levados até as paróquias para batismo, crisma, unção dos enfermos. No final da missa cada decano leva para as paróquias do seu decanato”, explica Edson Sartori Pereira, que coordena a equipe de 15 voluntários há cerca de 10 anos.

Como a distribuição deve ser feita depois que o arcebispo abençoa os óleos e antes que a missa termine para que cada decano leve os vidrinhos, os leigos fazem esse trabalho durante a missa. Edson conta que a distribuição leva em torno de 45 minutos e exige cuidado. “São vidros quebráveis e, principalmente, são bentos, então não pode ter desperdício, não pode pingar, tem uma série de cuidados”, explica.

Longe da movimentação da missa, os voluntários participam indiretamente da celebração. “Só o fato de você estar ali, limpando aquele vidrinho ou abastecendo aquele vidrinho você está contribuindo com uma coisa muito grande, que é o sacramento que vai ser ministrado para uma outra pessoa. Então, estar fazendo ali um pouquinho, isso pra mim é muito pleno”, conta Selma Zamaia, voluntária pela primeira vez. “Uma gotinha nossa estará nos sacramentos que serão ministrados durante o ano todo [na arquidiocese]”, fala com carinho Selma.

Nos bastidores

Os voluntários ficam fora da movimentação da Santa Missa, mas seu trabalho faz parte do todo, conta João Francisco de Lima, voluntário há cerca de 10 anos junto com a esposa Ivanilda de Andrade Lima. “É um trabalho que estamos em contato direto com Jesus, porque os Santos Óleos fazem parte dos sacramentos de Jesus”, destaca João.

Para Ivanilde, o trabalho na Missa dos Santos Óleos faz parte das suas devoções da Semana Santa. “Eu sempre desfaço de qualquer viagem para na Semana Santa ficar a trabalho do Senhor, nosso Deus (…) É uma parte, uma devoção da Semana Santa, que começa hoje e vai até domingo de Páscoa, a gente vem todo dia na Igreja, cada dia é um trabalho diferente, então é muito bom, é gratificante.”

O trabalho nos bastidores é, para o voluntário Helder Hideaki Hirabara, um verdadeiro ato de caridade. “Eu acho que é a verdadeira caridade, você trabalha, ninguém sabe o que você faz e todos vão usufruir desse trabalho de maneira espiritualizada, porque são os Santos Óleos pros sacramentos. Então acho muito importante, a verdadeira caridade, aquilo que você faz e não aparece, a melhor forma de poder ajudar a comunidade”, conclui.

Juliana Mastelini Moyses

Pascom Arquidiocesana

Foto de Destaque: Divulgação

Fotos: Guto Honjo

A Arquidiocese de Londrina celebra na Terça-feira Santa, dia 12 de abril, a Missa dos Santos Óleos, ou Missa Crismal, presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz, na Catedral de Londrina, às 19h30.

Na Missa dos Santos Óleos, o arcebispo abençoa os óleos dos catecúmenos e dos enfermos e consagra o óleo do Crisma que serão usados na ministração dos sacramentos durante todo o próximo ano nas paróquias da arquidiocese. Nessa missa, nossos padres também fazem a renovação das promessas sacerdotais.

Em 2022, ano de caminhada sinodal, a Missa dos Santos Óleos terá a presença dos padres, diáconos e também membros do Conselho de Pastoral Paroquial (CPP) de cada paróquia. A organização pede que o coordenador geral do CPP, ao chegar na Catedral, procure a equipe de celebração.

A Santa Missa será transmitida pelas redes sociais da arquidiocese.