No domingo, dia 31 de março, o Apostolado da Oração fez sua peregrinação anual, desta vez à Paróquia São Judas Tadeu, no Decanato Oeste. Membros de todos os decanatos e paróquias da arquidiocese participaram do encontro, que contou com momentos de espiritualidade, formação, partilha e a missa presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz.

Segundo a organização, cerca de 700 pessoas estavam presentes e renovaram seus votos. Houve também a imposição da fita a quatro novos membros do Apostolado.

Neste ano, a peregrinação faz parte das comemorações dos 175 anos do Apostolado da Oração no Brasil, celebrado em 3 de dezembro. A partir deste mês, um ícone do Sagrando Coração de Jesus passará em peregrinação por todas as paróquias da arquidiocese.

PASCOM Arquidiocesana

 

<Mais fotos clique aqui>

Fotos Eduardo Castro

 

 

 

 

Comissão Pastoral da Terra – Paraná.
Rua Dom Bosco,145 – Fone 43- 3347-1175
CEP 86060-340 – Londrina – PR  – Brasil
email – cptparana@gmail.com

Londrina,16 de fevereiro de 2018

“O fruto da justiça será a paz” (Is 32,17)

Caros irmãos e irmãs da caminhada,

A festa nunca termina, para aqueles e aquelas que são propagadores/as da Paz. Vimos através desta fazer contato com você agente de pastoral, comunidades, paróquias, dioceses para anunciar nossa 31ª Romaria da Terra do Paraná. A ser realizada dia 19 de agosto de 2018, em Barbosa Ferraz, Diocese de Campo Mourão.

Esse ano sob o contexto das ameaças sistemáticas da violência dos despejos dos acampamentos é que celebraremos o Deus que acampou entre nós e anuncia a todos e  todas a Paz na terra aos homens e mulheres por ele amados.

Para bem celebrar nosso encontro de romeiros e romeiras da terra, refletiremos sob a Luz do Lema “ Com direito e justiça, a paz supera a violência no campo”.

Desde já estamos convidando e convocando para que coloque em sua agenda, e inicie a motivação, mobilização e organização das caravanas de seu grupo, sua pastoral, paróquia, diocese e organizações/movimento sociais e populares. Para juntos celebrar nossa esperança de que “a prática da justiça”, resultará em tranquilidade e segurança duradoura em todos os acampamentos. E o povo, então passará a viver em  ambiente feliz moradias (terra) seguras e tranquilas. ( cf Is 32,17-18).

E que não haja nenhuma família camponesa sem terra, porque “vós sois todos irmãos” e , tens parte dessa herança.

Fraternalmente,

Pe. Dirceu Luiz Fumagalli
Juvenal José Rocha
Coordenação da Comissão Pastoral da Terra no Paraná