No ano de 2019 a Arquidiocese de Londrina divulgou esse vídeo explicando com beleza e riqueza de detalhes o que é o Setor Juvenil da Arquidiocese de Londrina com sua organização pastoral. Assista esse vídeo a fim de que todos os coordenadores de adolescentes e jovens entendam o Setor Juvenil como ambiente de unidade, apoio e fortalecimento da evangelização da juventude. Vale a pena assistir novamente.

 

Assista o vídeo:

 

São João Bosco continue a interceder por todos os grupos de adolescentes e jovens. Amém!

 

Atenção para a AGENDA DE 2022:

Dia 12/03/2022 – sábado – 14h – 1º Encontro de Coordenadores (as) de Grupos Autônomos
Local: auditório da Paróquia São Vicente de Paulo
Todos os coordenadores (as) de grupos de adolescentes e jovens autônomos;

Dia 04/06/2022 – sábado – 14h30 – Assembleia Arquidiocesana do Setor Juvenil
Local: auditório do Centro Pastoral Jesus Bom Pastor
Todos os coordenadores (as) e vice coordenadores (as) são convocados;

Dia 23/10/2022 – sábado – 14h – 4ª Jornada Missionária da Juventude
Local: Catedral Metropolitana de Londrina
Todos os grupos de adolescentes e jovens.

 

Coordenação Setor Juvenil
Arquidiocese de Londrina

 

 

 

A música “Há Pressa no Ar”, hino da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, foi inspirada no tema da JMJ Lisboa 2023 [«Maria levantou-se e partiu apressadamente» (Lc1,39)] e desenvolve-se em torno do ‘sim’ de Maria e da sua pressa para ir ao encontro da prima Isabel, como relata a passagem bíblica.

 

“Há Pressa no Ar” tem letra de João Paulo Vaz, sacerdote, e música de Pedro Ferreira, professor e músico, ambos da diocese de Coimbra, no centro de Portugal. Os arranjos são do músico Carlos Garcia.

 

O tema foi gravado, em duas versões: em português e na versão internacional em cinco idiomas (português, inglês, espanhol, francês e italiano).

 

Ao cantar este hino, os jovens de todo o mundo são convidados a identificarem-se com Maria, dispondo-se ao serviço, à missão e à transformação do mundo. A letra evoca também a festa da JMJ e a alegria centrada na relação com Deus.

 

Convidamos todos os grupos de adolescentes e jovens da Arquidiocese de Londrina para que possam aprender e cantar o hino em seus encontros, retiros e reuniões. Um sinal alegre que alimenta a unidade da Igreja.

 

Download App Arquidiocese de Londrina

No sábado, 24/10, na Catedral de Londrina foi realizada a 3ª Jornada Missionária da Juventude, encontro arquidiocesano realizado a cada dois anos reunindo os adolescentes e jovens. Mas nesse ano de 2020 a configuração e a programação foram diferentes e especiais.

Mais de 100 coordenadores de grupos de adolescentes e jovens estiveram participando presencialmente da jornada, além dos representantes de pastorais, movimentos e expressões juvenis. Os jovens e adolescentes acompanharam a transmissão do encontro por meio das redes sociais do Setor Juvenil.

Um encontro da unidade e em 2020 uma forte expressão de perseverança diante de tantos desafios trazidos com a pandemia na caminhada de evangelização da juventude. Durante a jornada tivemos a animação do ministério de música do grupo de jovens Dom Bosco Jr, do Decanato Centro, a oração inicial realizada pelo Serviço de Animação Vocacional (SAV), a formação com o Pe. Gustavo Florencio, Arquidiocese de Maringá e a Santa Missa presidida pelo nosso arcebispo dom Geremias Steinmetz.

Durante a formação o Pe. Gustavo destacou a beleza das virtudes da perseverança e da criatividade movidos pelo tema da jornada: “Jovem, eu te digo, levanta-te” (Lc 7,14). E na Santa Missa o arcebispo reforçou que a juventude é um lugar teológico, chamado a ser testemunha do amor e, por isso é importante alimentar a fé de cada adolescente, de cada jovem.

Confira as fotos desse evento que marcou e celebrou o Dia Nacional da Juventude na Arquidiocese de Londrina, refletindo ainda mais a beleza da vida juvenil, expressão do amor de Deus na criação:

Setor Juvenil

 

Fotos: Guto Honjo e Terumi Sakai | Pascom Arquidiocesana

 

Um grupo de bispos do Brasil irá conduzir catequeses durante a Jornada Mundial da Juventude Panamá 2019. A partir desta quarta-feira, 23, até sexta-feira, 25, serão três momentos com a juventude reservados para as pregações dos pastores da Igreja no Brasil.

Alguns dos bispos brasileiros na JMJ. Em pé: dom Nelson Francelino, dom Gil Antônio Moreira, dom Joel Portella, dom Paulo Alves Romão, dom Edson de Castro Homem, cardeal Orani Tempesta. Agachados: dom Antônio Assis Ribeiro, dom Amilton Manoel, dom Vilsom Basso e dom Antonio Emídio Vilar

De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 23, são 380 bispos que conduzirão as catequeses, em 137 locais reservados para estes momentos de pregação. A organização da JMJ definiu 10 sedes e 30 sessões para as catequeses em Português. São 15 bispos brasileiros escalados e mais quatro bispos de Angola e seis de Portugal. As informações divulgadas nesta quarta também atualizam o número de idiomas das catequeses: 25, superando a separação apenas por cinco grupos linguísticos anunciada anteriormente.

O bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Vilsom Basso, é um dos bispos que conduzirá os encontros com os jovens. Ele estará à frente de duas catequeses: “Os temas serão inspirados no lema ‘Eis aqui a serva do Senhor, faça-me em mim conforme a tua palavra’ (Lc 1,38). O tema da primeira catequese é: ‘Eis-me aqui’. O tema da segunda catequese é ‘Eu sou a serva do Senhor’”.

No total, são mais de 30 bispos do Brasil participando da Jornada Mundial da Juventude Panamá 2019.

Confira a lista dos bispos do Brasil e as datas das catequeses. Os locais ainda não foram divulgados.

 

Quarta-feira, 23 de janeiro
Dom Paulo Alves Romão, bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ)
Dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB
Dom Joel Portella Amado, bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ)
Dom Moacir Silva, arcebispo de Ribeirão Preto (SP)
Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)
Dom Antonio Emídio Vilar, bispo de São João da Boa Vista e membro da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB

 

Quinta-feira, 24 de janeiro
Dom Amilton Manoel da Silva, bispo auxiliar de Curitiba (PR)
Dom Estevam dos Santos Silva Filho, bispo auxiliar de Salvador (BA)
Dom Nelson Francelino Ferreira, bispo de Valença (RJ) e membro da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB
Cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo (SP)
Dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB

 

Sexta-feira, 25 de janeiro
Dom Carlos Lema Garcia, bispo auxiliar de São Paulo (SP)
Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro (SP)              
Dom Milton Antônio dos Santos, arcebispo de Cuiabá (MT)
Dom Antonio Emídio Vilar, bispo de São João da Boa Vista e membro da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB
Dom Vicente Costa, bispo de Jundiaí (SP)
Dom Vilson Dias de Oliveira, bispo de Limeira (SP)
Dom Gil Antônio Moreira, arcebispo de Juiz de Fora (MG)
Dom Antônio de Assis Ribeiro, bispo auxiliar de Belém (PA)
Dom Nelson Francelino Ferreira, bispo de Valença (RJ) e membro da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB

CNBB

 

Mais de dois mil jovens de diversos carismas participaram da concentração organizada pelo Setor Juvenil

 

Pelos bancos da Catedral, as camisetas diferentes mostravam que ali não era só um grupo, um movimento ou uma pastoral, mas uma arquidiocese inteira reunida. Presentes jovens dos 11 decanatos da Arquidiocese de Londrina, até das cidades mais distantes, como Porecatu, Sertanópolis, Tamara, na 2ª Jornada Missionária da Juventude. Um espaço de encontros dos diversos movimentos, pastorais e expressões juvenis da Igreja particular de Londrina.

 

A participação dos jovens surpreendeu o Setor Juvenil da arquidiocese. “A partir de hoje descrever a Jornada Missionária da Juventude é motivo de emoção e muita alegria. As palavras do dom Geremias dizendo que é um novo tempo para a arquidiocese é uma grande verdade. Milhares de jovens aqui dentro da Catedral, louvando e agradecendo, se unindo com jovens diferentes. Eu estou com o meu coração emocionado, agradecido a Deus por essa grande oportunidade de testemunhar”, falou padre Dirceu Júnior dos Reis, coordenador do Setor Juvenil.

 

Uma tarde para cantar, dançar, rezar e escutar a Palavra de Deus. Inclusive para os jovens que prestariam o vestibular no dia seguinte, como a Camila Nogueira, do Grupo Yawéh Yiré, do Decanato Centro. “Além dos estudos, a gente vem buscar sempre a presença de Deus, a bênção d’Ele, a caneta abençoada. É a primeira vez que venho numa jornada tão grande assim, foi ótimo, foi muito abençoada. Com certeza estou bem mais tranquila, trouxe uma paz, uma tranquilidade”, contou Camila.

 

Quem conduziu a programação foi a banda Missionário Shalom, com músicas já conhecidas dos jovens da arquidiocese. Confira a entrevista com os missionários:

 

O lema da jornada fez referência ao chamado de Jesus a cada jovem: “eis que estou à porta e bato”, para uma resposta pessoal seja na família, na comunidade ou na vida consagrada. Uma feira vocacional montada nas laterais da catedral deu uma mãozinha para aqueles que precisam discernir a vocação. Padre Paulo Alencar, retiro do Seminário Propedêutico explica como foi a feira vocacional:

 

O arcebispo dom Geremias Steinmetz teve uma fala com os jovens e contou seu testemunho vocacional. Logo após, presidiu a Santa Missa, concelebrada por diversos padres da arquidiocese. Segundo dom Geremias, a 2ª Jornada Missionária da Juventude inaugura um novo tempo nesta Igreja Particular. Assista à entrevista com dom Geremias:

 

Depois da Missa, um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento e uma oração especial pelos vestibulandos, que receberam canetas abençoadas pelo arcebispo.

Veja os testemunhos da Daniela, do Grupo Jovens de Cristo, Decanato Sul, e do Grupo Amare, do Decanato Leste:

 

 

 

<Para ver as fotos clique aqui>

O Setor Juvenil da Arquidiocese de Londrina apresenta o cartaz oficial da 2° JORNADA MISSIONÁRIA DA JUVENTUDE que será realizada no dia 20 de outubro de 2018 (sábado) a partir das 14h na Catedral Metropolitana de Londrina.

A maior concentração arquidiocesana de todos os adolescentes e jovens. Os grupos, os padres e demais coordenadores já são motivados a organizar o transporte da juventude para esse grande marco da nossa evangelização!

O Setor Juvenil da Arquidiocese de Londrina está organizando um grupo de jovens peregrinos para a Jornada Mundial da Juventude que será realizada no Panamá nos dias 22 a 27 de janeiro de 2019.

Para a realização dessa peregrinação de forma segura e responsável estamos contando com o trabalho especializado da agência Sacratour. Esta agência já elaborou e apresentou todos os elementos da viagem assim como o roteiro.
No roteiro elaborado pela Sacratour a saída está prevista para o dia 17/01/2019 em direção a Cidade do México, depois ao Santuário de Guadalupe, Cholula, Teotihuacan e as atividades da JMJ. Existe o detalhamento do trajeto assim como os valores apresentados e outras informações importantes, poderá solicitar.

Estamos na fase final de fechamento do grupo que representará a Arquidiocese de Londrina na Jornada Mundial da Juventude no Panamá em 2019. Sendo assim, se houver jovem (maior de 18 anos) interessado em ir para a JMJ pedimos a gentileza que ele(a) entre imediatamente em contato com os coordenadores dos grupos.

• Segue o contato do coordenador: Lucas Dias (43) 98801 9794
• Segue o contato da Sacratour: (43) 99901 0693

SETOR JUVENIL em direção ao PANAMÁ!

A Jornada Mundial da Juventude 2019 já tem seu logo oficial. A imagem foi apresentada neste domingo (14/05) pelos organizadores da JMJ, que se realizará no país de 22 a 27 de janeiro de 2019. 

Na imagem, estão representados o istmo do país, o Canal do Panamá, a Cruz Peregrina e a imagem de Nossa Senhora com um coroa de cinco pontos, indicando os cinco continentes. As figuras aparecem formando um coração. 

A criação é de uma jovem de 20 anos, que participou de várias Jornadas desde muito pequena: Ambar Calvo é uma estudante de arquitetura na Universidade do Panamá. Ela explica que o Canal simboliza o caminho do peregrino que descobre em Maria o meio para se encontrar com Jesus; a silhueta do Istmo panamenho representa o local de acolhida; e os pontos na coroa de Maria os peregrinos de cada continente. 

O Arcebispo de Cidade do Panamá, Dom José Domingo Ulloa Mendieta, declarou-se emocionado com o talento da juventude panamenha, porque este desenho “conseguiu captar a mensagem que desejamos enviar aos jovens do mundo, a pequenez do nosso país, mas a grandeza do nosso coração, aberto a todos sem exclusão”.

Santas Missões Populares Jovem – SMP Jovem
ARQUIDIOCESE DE LONDRINA – Setor Juvenil

 

Veja explicação do logo:

significado da logo