Paróquias Pastorais e Movimentos Útimas Notícias

Decanato Cambé realiza Semana de Conscientização sobre o Dízimo

De 7 a 13 de setembro, o Decanato Cambé realizou a Semana de Conscientização sobre o Dízimo, com lives diárias abordando o significado, a fundamentação bíblica e a destinação do dízimo nas paróquias. A missa de encerramento no dia 13 de setembro foi presidida pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz e concelebrada pelo padre Josenildo Dias SF, na Paróquia Cristo Rei.

 

As lives alcançaram mais de 8 mil visualizações no Facebook e tiveram como convidados o diácono Marcos Noel (Paróquia Nossa Senhora de Fátima), Antônio Edson (Coordenador Pastoral do Dizimo Paróquia Santo Antônio) Padre Rodrigo Favero Celeste (Paróquia São Francisco Xavier) e Leles Alves Ferreira (Paróquia Santo Antônio, Decanato Sul).

 

O evento foi um convite aos fiéis para compreenderem a importância de ser dizimista, possibilitando que a evangelização possa se fortalecer cada dia mais. Foi abordado que o Dízimo é resultado de uma consciência madura e cristã, de quem se sente parte da comunidade da igreja formada por Cristo, para ser nossa família.

 

Também foi abordado o que é o Dízimo na Igreja Católica, dízimo como ato de fé, de gratidão e de confiança em Deus. Todos são chamados a ser dizimistas, sem exceção: ministros ordenados, lideranças, a própria Pastoral do Dízimo, todos os cristão são chamados a manifestar a fé através da devolução da partilha do dízimo.

 

Escrituras

Dentro das escrituras, passando do Antigo Testamento até o Novo Testamento em Jesus, o Dízimo vem dos nossos primeiros pais da fé. No Antigo Testamento, este tema mostra o rigor da lei sobre o Dízimo. Também vemos um povo que não cumpriu com essa lei e Deus vem com seus profetas alertar o povo a ser fiel. Entrando no Novo Testamento, Jesus nos liberta do peso da lei e nos convence que devolver o Dízimo precisa ser de coração: dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus (Mt 22,21). São Paulo na Segunda Carta aos Coríntios (9,7) diz: dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento, Deus ama o que dá com alegria, ou seja, estamos libertos do peso da lei, porém precisamos de um coração convertido para praticar esse gesto de fé.

 

Finalidade         

O Dízimo precisa em tudo ser usado para a evangelização, dentro de todas as suas dimensões religiosa, eclesial, missionária e caritativa. Dentro das finalidades temos as despesas do templo (paróquias e comunidades) como água, luz, o vinho, as partículas, entre outras. Também a formação dos padres e seminaristas, as formações dos leigos dentro dos ministérios de serviço da igreja, a ajuda que a arquidiocese dá a outras dioceses, sendo uma igreja irmã e enviando padres missionários, e a dimensão caritativa, ajudando as pastorais sociais. Padre Rodrigo Favero Celeste, pároco da Paróquia São Francisco Xavier, Decanato Cambé explicou que partilhar o Dízimo é se tornar uma família com a comunidade, pois a partilha maior é dentro de nossas casas. “Quando partilhamos o Dízimo nos tornamos família dentro da Igreja.”

 

Pascom Arquidiocesana

Com informações: Anderson Okada – Coordenador da Pastoral do Dízimo -Decanato Cambé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *