CNBB Regional Sul 2 Útimas Notícias

Londrina acolhe os coordenadores da Pascom do Regional Sul 2

Começou nesta sexta-feira (6 de março) o 10º Encontro Regional dos Coordenadores da Pascom, na Casa de Retiros Emaús, em Londrina. Estão participando representantes de 17 arquidioceses e dioceses do Regional Sul 2 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

 

Na abertura do evento, que segue até domingo, o arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, acolheu os participantes. Ele comentou que há uma “questão quase afetiva da Pascom do Paraná com Londrina”, pois a cidade é uma das primeiras dioceses a iniciar um trabalho na Pastoral da Comunicação.

 

“Esse encontro em Londrina vem fortalecer que a Igreja de Londrina é observada e oferece elementos de crescimento e análise que fazem a gente pensar e repensar metodologicamente a questão da evangelização”, afirmou dom Geremias.

 

O coordenador da Pascom Regional Sul 2, Antônio Kayser, falou do momento que a Pascom do Paraná está vivendo e ressaltou que “estes são os frutos plantados pelas equipes de coordenadores anteriores”, enaltecendo o trabalho realizado pelo ex-coordenador Jorge Teles e de dom Antônio Wagner da Silva, bispo de Guarapuava. A edição deste ano é o encontro com maior representatividade. Das 18 dioceses do Paraná, apenas Foz do Iguaçu, não está presente.

 

O Encontro Regional dos Coordenadores é um momento para se dialogar a comunicação dentro da Igreja. “É uma ocasião para avaliarmos a caminhada, ver o que está dando certo e projetar o futuro. Temos muito o que festejar. Estamos caminhando, mas temos bem claro que podemos crescer muito. Os passos que foram dados são substanciosos”, afirmou dom Mário Spaki, bispo referencial da Pascom do Regional Sul 2 da CNBB.

 

VISITA AD LIMINA

Na palestra de abertura, dom Geremias Steinmetz apresentou um resumo da Visita Ad Limina Apostolorum, que os bispos do Paraná realizaram em fevereiro ao Papa Francisco e aos túmulos dos Apóstolos Paulo e Pedro, as principais basílicas e dicastérios da Cúria Romana.

Foram 10 dias de visitas em que os bispos paranaenses puderam conhecer e trocar experiências com os padres que trabalham nos dicastérios e rezar diante dos túmulos dos apóstolos escolhidos por Cristo para conduzir a Igreja.

No encontro com o Papa, foram abordados assuntos como a mudança de época, missão, juventude, as missas extraordinárias, casais de segunda união, rezar pelas vocações, ação social, a vida e o descanso dos bispos. “Foi uma experiência rica. Uma verdadeira graça de Deus”, comentou dom Geremias.

Durante a visita ao Dicastério da Comunicação, dom Mário Spaki, fez um panorama da comunicação no Paraná. “Falei do padre Reginaldo Manzotti, que temos 33 emissoras de rádio na mão da Igreja, que todas as dioceses têm site, facebook, e que as comunidades se comunicam muito pelas redes sociais”, contou o bispo referencial.
“Mas também disse que estamos atrasados na comunicação. Temos que ter a humildade de sentar na sala de aula e aprender a comunicar. Mudou tudo de uma hora para outra e a Igreja não conseguiu acompanhar essas mudanças”, disse dom Mário.

 

Ele ressaltou que na cultura digital todo jovem tem um celular e a comunicação precisa chegar pelo aparelho. “Ainda estamos tímidos na cultura digital. O espaço é gigantesco”, afirmou.

 

Durante a Visita Ad Limina os bispos fizeram a experiência de gravar vídeos sobre a visita. “Foi para incentivar os bispos e para que eles se entusiasmem e façam acontecer na diocese [referindo-se a comunicação digital]”, explicou dom Mário.

 

O Dicastério da Comunicação é o único que tem um leigo como prefeito.

 

Aline Machado Parodi
Pascom Arquidiocesana

Foto: Terumi Sakai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *