Regional Sul 2 Útimas Notícias Visita Ad Limina

Cinco locais visitados pelos bispos do Paraná, hoje, em Roma

#Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Congregação para os Bispos, Congregação para a Doutrina da fé, Tribunal da Rota Romana, Congregação para a Evangelização dos Povos e o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos foram visitados pelos bispos paranaenses nesta terça-feira

 

Na manhã desta terça-feira, 25 de fevereiro, a Visita Ad Limina dos Bispos do Paraná iniciou com a missa na Capela do Colégio Pio Brasileiro, presidida por Dom Edgar Xavier Ertl, bispo de Palmas e Francisco Beltrão, ladeado por Dom Geremias Steinmetz, arcebispo de Londrina e Presidente da CNBB Sul 2, e Dom José Antônio Peruzzo, arcebispo de Curitiba e vice-presidente da CNBB Sul 2.

 

 

Durante a manhã, os bispos realizaram duas visitas: à Congregação para os Bispos, onde onde Dom José Antônio Peruzzo, arcebispo de Curitiba e vice-presidente da CNBB Sul 2, proferiu o discurso em nome dos bispos, e à Congregação para a Doutrina da fé, onde quem fez o pronunciamento foi Dom Geremias Steinmetz, arcebispo de Londrina e Presidente da CNBB Sul 2.

 

No vídeo a seguir, Dom Celso Antônio Marchiori, bispo de São José dos Pinhais, comenta as duas visitas

 

 

 

Durante a tarde, os bispos podiam escolher entre três lugares de visita: o Tribunal da Rota Romana, a Congregação para a Evangelização dos Povos ou o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos.

No Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, Dom Manoel João Francisco, Bispo de Cornélio Procópio e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo da CNBB, proferiu o discurso em nome dos bispos. Ele apresentou um panorama da realidade a respeito dos esforços em favor do Ecumenismo e do Diálogo Inter Religioso, com seus avanços e desafios. A reunião durou pouco mais de 1 hora. “Saímos de lá felizes. Mais conscientes dos passos que estão sendo dados no caminho da comunhão entre as Igrejas e do diálogo com as religiões”, disse Dom Edmar Peron, bispo de Paranaguá.

No Tribunal da Rota Romana, Dom Carlos José de Oliveira, bispo de Apucarana, foi o responsável pelo discurso. O bispo de Paranavaí, Dom Mário Spaki, contou que puderam conversar, especialmente, sobre os tribunais eclesiásticos presentes nas dioceses, onde chegam os casais em segunda união, para verificar se existem elementos para declarar nulo o primeiro casamento e poder contrair novo matrimônio. “Foi um diálogo bonito, de muito esclarecimento para nós bispos, que precisamos trabalhar com esses casos nas dioceses. Também foi possível tocar com a mão toda a responsabilidade que recai sobre os bispos quando se trata desse assunto tão delicado”, afirmou.

Na Congregação para a Evangelização dos Povos, o bispo responsável pelo discurso foi Dom João Seneme, bispo de Toledo. Essa Congregação está ligada diretamente ao Papa Francisco para facilitar, sobretudo, a evangelização, a propagação da fé. “Eu comentei sobre a crise do ardor missionário, quer seja entre entre os padres, nas congregações religiosas, nas juventudes, e perguntei se há algum programa para fazer suscitar essa chama e esse ardor. E foi lembrado que sem fé não há missão e a fé se faz por atração”, disse Dom Amilton Manoel da Silva, bispo auxiliar de Curitiba e secretário da CNBB Sul 2.

Congregação para a Evangelização dos Povos

Amanhã, penúltimo dia da Visita Ad limina, os bispos visitarão, na parte da manhã, a Congregação para a Educação Católica e o Tribunal da Assinatura Apostólica. À tarde, participarão da Missa de Cinzas presidida pelo Papa Francisco, na Basílica de Santa Sabina.

(Texto, fotos e vídeo: Karina de Carvalho – Assessora de comunicação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *