Útimas Notícias

Respeito, responsabilidade e disciplina

Em funcionamento há dois anos, o 2º Colégio da Polícia Militar do Paraná, em Londrina, já está inserido na vida do bairro Jardim Leonor (Decanato Oeste). Duas vezes por semana, o colégio abre as portas para a comunidade praticar atividades físicas, um grupo de dança utiliza a quadra de esportes para os ensaios. Participa, quando solicitada, das atividades da Paróquia São José Operário, e uma vez por ano realiza a Feira da Saúde com atendimento psicológico, de advocacia e bazar de roupas.

 

Com 510 alunos do ensino fundamental e ensino médio, o 2º CPM Londrina também mudou o comportamento dos estudantes. A sua filosofia de ensino está centrada no tripé: respeito, responsabilidade e disciplina. “São valores que trabalhamos com as crianças no dia a dia, tanto dentro como fora da sala de aula. Além de valores cívicos ministrados por uma matéria específica chamada Instrução Cívico Militar. É a única matéria diferenciada das outras escolas”, explica Juarez Saldanha Machado, comandante do 2º Colégio da Polícia Militar do Paraná.  

 

Machado conta que essa matéria ajuda no desenvolvimento social do aluno. “Às vezes é um aluno introvertido, que tem um pouco de medo de falar em público e essa matéria acaba deixando-o menos tímido. Ele aprende a se comportar em público. Tem um caráter pedagógico muito grande, que faz com que a criança se solte e o que estimula são as atividades de comando que ela desenvolve”, afirma o comandante.  

 

Os estudantes precisam seguir algumas regras de vestimentas e o manual disciplinar, comentou o comandante.  As atividades do 2º e 3º anos do ensino médio são voltadas para a preparação ao vestibular. Todos os sábados, eles participam das aulas do cursinho pré-vestibular. 

 

O colégio militar tem uma matéria específica chamada Instrução Cívico Militar, a única matéria que diferencia das outras escolas. (Foto Aline Machado Parodi)

A qualidade do ensino tem atraído estudantes de diversas cidades da região como Rolândia, Nova Fátima, Sertaneja, Ibaiti, Cambé, entre outras. A escola tem lousa digital e internet nas salas de aulas, que permitem que os professores utilizem diversas ferramentas de ensino. O colégio conta ainda com atendimento psicológico e está finalizando a construção de um gabinete odontológico. 

 

Grande parte dos estudantes são remanescentes do antigo colégio do bairro. A transição não foi fácil, recorda o comandante, muitos não se adaptaram às regras e trocaram de escola. Em outros casos, o que se viu foi uma grande metamorfose. Como no caso dos alunos Maria Eduarda Silva Azevedo, 12 anos, e Danilo Ramos, 14, estudantes do 7º ano do ensino fundamental. 

 

Os dois eram considerados os bagunceiros do colégio. Indisciplinados e não respeitavam ninguém, de acordo com eles. Quando a escola mudou para o 2º CPM as coisas começaram a melhorar. “Foi difícil, mudou tudo. Mudou o comportamento, mas eu fiquei porque queria ver onde podia chegar”, contou Danilo. Hoje, os dois são exemplos de comportamento para os outros alunos. Dizem que também melhorou a relação com os amigos fora da escola, mesmo que em alguns casos, sejam alvos de piadas por estudarem em colégio militar. 

 

Machado acredita que o colégio também vem auxiliando na mudança da visão da comunidade sobre a própria comunidade. “Às vezes a gente está saindo do colégio e ouve as crianças da creche aqui do lado falando: mãe, quando crescer quero estudar aqui nesta escola. E elas sabem que é um colégio militar. Isso já é uma mudança de cultura. Criancinha que mora na Bratac querendo estudar aqui já é uma mudança”, contou. 

Aline Machado Parodi
PASCOM Arquidiocesana
JC – Edição setembro 2019

 


Processo classificatório 2019/2020

Inscrições abertas até 9 de outubro

Vagas: 90 vagas para o 6º ano do Ensino fundamental e 60 para o 1º ano do Ensino Médio.

Documentação necessária:

  • -Fotografia padrão de documento de identificação digitalizada;
  • – RG digitalizado;
  • – Declaração de matrícula e frequência da série atual do candidato (5º ano ou 9º ano do Ensino Fundamental);
  • – Para as vagas preferenciais (filho/dependente de militares estaduais), contra-cheque ou identidade funcional do militar digitalizado.

As provas serão realizadas em novembro: dia 10 para o Ensino Médio e dia 24 para o Ensino Fundamental.

Mais informações acesse: www.cpmlondrina.com.br

 


 

 

Fotos Aline Machado Parodi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *