Arcebispo Útimas Notícias

Visita Pastoral: Dom Geremias leva a mensagem e a pessoa de Jesus ao bairro São Fernando

Em sua visita pastoral a Rolândia, o arcebispo dom Geremias Steinmetz dedicou esta quinta-feira, 5 de setembro, à Paróquia da Ressurreição, no bairro São Fernando. “Dom Geremias deixou uma mensagem muito bonita. Ele falou da pessoa de Cristo, que Cristo está no centro da vida do ser humano, devemos nos aproximar de Cristo, amar a Cristo, amar a cruz de Cristo e ver nEle a ressurreição, a vida eterna”, comentou o pároco, padre Layrton dos Santos PMS.

 

A visita ao território paroquial contemplou escolas, creches, UBS (Unidade Básica de Saúde) e dois doentes da comunidade. À noite, dom Geremias celebrou na matriz e conversou com lideranças. “Ao celebrar a missa, ele está rodeado de leitores, ministros da Eucaristia, coroinhas, de movimentos e pastorais. Quer dizer, o pastor está ao centro e todos os movimentos e pastorais ao redor fortalecendo esse pastor”, fala o pároco.

 

Durante todo o dia de visitas, a presença do padre junto ao arcebispo foi importante, conta dom Geremias. Enquanto passavam pelos locais, eles puderam conversar sobre a realidade da paróquia. “A visita pastoral com a presença do padre é muito boa que ajuda a perceber melhor algumas realidades. O padre foi me orientando na leitura das questões que eu fui percebendo”, fala o arcebispo.

 

UBS
Na visita à Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro São Fernando, dom Geremias conversou com funcionários e usuários do serviço, que agradeceram a presença. Ele e o padre conheceram os departamentos da unidade e o trabalho de cada setor, desde o controle dos remédios, vacinas, até a entrada das pessoas na UBS.

 

Migrantes
Nas escolas, o arcebispo conversou com alunos e professores para entender a realidade educacional do bairro, onde está localizada uma fábrica da empresa JBS, que atrai migrantes de outros Estados e países. Na Escola Municipal São Fernando, conversou com filhos de migrantes do Alagoas, do Haiti e de Bangladesh. “Percebi que estão muito bem integradas falando o português, se entendendo bem, brincando com as crianças brasileiras de modos que a gente pôde perceber a importância da escola que vai gerando verdadeiramente inclusão”, destacou dom Geremias.

 

A Escola São Fernando atende cerca de 600 alunos nas 22 turmas do pré ao 5º ano e classe especial. A coordenadora pedagógica Silvia Cristina Braz conta que os os pais que vêm de outros lugares para trabalhar na fábrica matriculam os filhos na escola, que é a mais próxima, para aprenderem a língua e serem alfabetizados.
Segundo a coordenadora, os alunos brasileiros os recebem muito bem, ajudam principalmente a compreender a língua. “Tanto no recreio quanto na sala de aula, eles ficam meio que disputando quem vai ajudar para que a criança aprenda. Acho bem legal. Tem uma boa receptividade”, conta.

 

Sobre a visita pastoral, Silvia destaca que a figura do arcebispo a princípio pode parecer distante das pessoas, mas a presença dele cria envolvimento e proximidade. “A gente sabe que ele tem vários outros compromissos. Mas vindo à escola ele fica mais próximo das pessoas. Eu até brinquei vou subir porque quero ver o bispo de perto”, conclui a coordenadora.

 

Juliana Mastelini Moyses
PASCOM Arquidiocesana

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *