Artigos Clérigos Útimas Notícias

São Lourenço, diácono e mártir

Martírio de São Lourenço por Peter Paul Rubens.

Nascido na Espanha no ano de 225, Lourenço era o primeiro dos sete diáconos que serviam a Igreja de Roma durante o pontificado do papa Sisto II. Além de acompanhar o papa nas celebrações litúrgicas, os diáconos desenvolviam o trabalho de administração econômica da Igreja e eram responsáveis pelo atendimento dos pobres e das obras sociais.

 

Com a crise do império romano se agravando a partir do século III, alguns imperadores romanos passaram a decretar perseguições aos cristãos. Os cristãos eram acusados de impiedade por não prestarem culto aos deuses romanos. A crise do império era interpretada como uma reação negativa dos deuses contra a postura dos cristãos de não venerá-los e também de não venerar o imperador como se este fosse uma divindade.

 

Em 257 o imperador Valaeriano decretou uma violenta perseguição aos cristãos. Em 06 de agosto de 258, o papa Sisto II foi preso enquanto celebrava a Eucaristia em uma das catacumbas de Roma. As catacumbas eram cemitérios subterrâneos onde os cristãos se reuniam. Imediatamente após a sua prisão o papa foi executado com quatro de seus diáconos.

 

Após o martírio do papa foi solicitado a Lourenço que entregasse para as autoridades romanas os tesouros da Igreja. Lourenço pediu um prazo e, após três dias, levou para as autoridades uma multidão formada por órfãos, viúvas, idosos, doentes e tantos outros assistidos por ele em seus ministério diaconal. “Eis aqui o tesouro da Igreja!” afirmou o diácono para as autoridades.Diante desse fato foi decretada sua prisão e consequente condenação à morte com requintes de crueldade. Lourenço foi colocado sobre uma grelha de ferro e assado ao fogo. Ofereceu seu suplício pela conversão de Roma.

 

O seu culto tornou-se muito popular em Roma. Desde o século IV, quando foram suspensas as perseguições aos cristãos e o culto cristão legalizado, foi construída uma basílica em honra de São Lourenço em Roma. Depois da veneração aos apóstolos Pedro e Paulo, a celebração do martírio de Lourenço tornou-se a mais 

tradicional.

 

São Lourenço é o padroeiro dos diáconos. Como ministro do altar, que preparava o cálice com vinho para a consagração em sangue do Senhor, juntou o seu próprio sangue ao sangue de Cristo por meio de seu martírio. Como administrador dos bens da Igreja atendia aos necessitados e os reconhecia como sendo o próprio Cristo.

 

Que São Lourenço inspire nossas comunidades e, em especial, os nossos diáconos a unirem o mistério eucarístico com o serviço aos necessitados. Que se cumpra na vida dos diáconos as palavras do bispo quando lhes entrega o Evangeliário no dia da ordenação: “Recebe o Evangelho de Cristo,que tens amissão de proclamar.Crê o que lês, ensina o que crês e vive o que ensinas, exercendo assim o seu ministério diaconal.”

Diácono Geraldo Luiz de Souza (Dule)

 

 


 

 

 

CONVITE
Dia de São Lourenço, padroeiro dos Diáconos 

Neste sábado, 10/08 a Paróquia Santa Terezinha na cidade de Sertanópolis estará em festa.
Às 20h, será celebrada a festa de São Lourenço.
A celebração será presidia pelo arcebispo dom Geremias Steinmetz e contará com a presença de vários Diáconos da Arquidiocese de Londrina.
Participe e faça parte dessa grande festa!

PASCOM Paróquia Santa Terezinha – Sertanópolis

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *