Pastorais e Movimentos Útimas Notícias

Um olhar mais apaixonado por Jesus

Equipe elabora livro próprio de Iniciação à Vida Cristã de Inspiração Catecumenal para a arquidiocese com metodologia orante e mistagógica

 

A partir do mês de agosto, a arquidiocese assume uma caminhada de Iniciação à Vida Cristã com alguns elementos novos, como o material próprio elaborado por uma equipe da arquidiocese juntamente com o arcebispo dom Geremias Steinmetz.

A temática do primeiro volume está ligada ao primeiro anúncio, o querigma. O objetivo é levar a conhecer quem é Jesus. Ligado às celebrações litúrgicas, o catequista deverá ajudar o catequizando, ir apresentando Jesus, sua infância e os acontecimentos primeiros que manifestam sua pessoa, seu projeto de vida e sua missão.  “A meta é fazer o grupo se encantar por Jesus, sentir-se atraído por Ele, querer conhecê-lo mais e saber que Ele é nosso amigo. Na sequência haverá temáticas nos demais manuais que compõe o itinerário conforme o caminho a ser realizado”, explica irmã Angela Soldera SJBP, coordenadora arquidiocesana da Animação Bíblico Catequética.

Segundo a coordenadora, a diferença deste livro para os outros que são usados nos encontros de catequese está na sua metodologia orante e mistagógica, que visa formar cristãos discípulos seguidores de Jesus e não busca apenas a preparação aos sacramentos. O projeto propõe também a reordenação dos sacramentos da iniciação cristã, buscando assim maior unidade entre eles, seguindo a sequência: Batismo, Crisma e Eucaristia.

Aqueles que já são batizados receberão a Crisma após o segundo ano do processo catecumenal e, depois de mais dois anos, a Eucaristia. “Uma das diferenças, especialmente dos livros que vêm sendo usados até o momento, é que este seguirá os tempos fortes do Ano Litúrgico, privilegiando o tempo de Advento e Natal, Quaresma e Páscoa. Outro aspecto fundamental é o método da leitura orante da Bíblia em cada encontro de catequese, de forma mais vivencial”, conta.

“O que queremos e desejamos é que possamos realmente formar cristãos e não apenas pessoas que receberam os sacramentos e não se comprometem com a vivência dos mesmos. Os cristãos não nascem se fazem”, afirma a coordenadora. (veja informações no box ao lado)

A irmã destaca a necessidade de levar as comunidades, paróquias, lideranças e pastorais a compreenderem que a iniciação à vida cristã não se reduz à catequese com crianças e adolescentes, não é tarefa exclusiva da catequese, mas é a missão da Igreja, é todo o trabalho de evangelização. “É urgente, diz o Papa Francisco, rever nossa maneira de transmitir a fé. A comunidade cristã deve ser o lugar da iniciação à vida cristã. Por isso deverá acontecer um esforço conjunto de todos. Esta é a convocação da Igreja, dos bispos do Brasil e são os apelos do Papa Francisco”, afirma.

 

Distribuição

O processo começará no início de agosto com os encontros semanais de catequese com duração de uma hora e meia. “As inscrições já estão sendo feitas para facilitar a organização dos pequenos grupos de no máximo 12 catequizandos”, diz.

A irmã explica que de maio até julho as catequistas farão visitas às famílias dos catequizandos e encontros de oração e formação para que as famílias assumam junto o caminho de fé dos filhos.  “É importante destacar que este processo inicia este ano, no mês de agosto, e será somente para os que iniciarão o caminho de iniciação à vida cristã, com a idade de nove anos. Com estes faremos o caminho de inversão dos sacramentos. Os que já estão no processo de catequese iniciado em outros anos continuarão da mesma forma que estavam caminhando até concluir”, explica.

Nesse período, a coordenação promove encontros formativos nos decanatos. “Estamos realizando encontros de formação com os catequistas que irão iniciar itinerário em todos os decanatos. A finalidade dos encontros é apresentar o livro, a metodologia dos encontros, fazendo oficinas para capacitar bem o catequista.”

 O livro, que estará disponível para todas as paróquias da arquidiocese, é o primeiro volume de um conjunto de quatro que ainda estão sendo construídos.  Poderá ser adquirido nos encontros de formação, no Centro de Pastoral Jesus Bom Pastor (telefone: 3371-3141) e nas livrarias Livros e livros e Dom Geraldo.

 

Etapas do itinerário:

 

– Pré-catecumenato – primeiro tempo: tempo do querigma, do primeiro anúncio e do despertar da fé. É a evangelização. Toda a comunidade deve se comprometer;

 

– Catecumenato – segundo tempo: quando a comunidade, através dos catequistas e introdutores, aprofunda o primeiro anúncio nos conteúdos do Creio, Pai Nosso e da Sagrada Escritura, através da Leitura Orante da Bíblia. É a catequese;

 

– Purificação e Iluminação – terceiro tempo: corresponde à quaresma como um grande retiro de preparação para a recepção dos sacramentos: Vigília Pascal;

 

– Mistagogia – quarto tempo: acontece no Tempo Pascal e após a celebração dos sacramentos para adentrar com mais profundamente no mistério sacramental. É a finalidade de todo o caminho realizado: envio em Pentecostes para o tempo do serviço e da missão.

 

 

Waurides Alves
Pascom Arquidiocesana

Fotos: Tiago Queiroz

Irmã Angela Soldera SJBP, coordenadora da Animação Bíblico-Catequética da arquidiocese (foto: Tiago Queiroz)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *