Pastorais e Movimentos Útimas Notícias

Novas Comunidades focam fidelidade ao carisma

Membros das comunidades de aliança da Arquidiocese tiverem formação focada no carisma e nas regras de vida de cada uma

 

Às vésperas da festa de Pentecostes, cerca de 300 membros de dez comunidades de aliança do Núcleo das Novas Comunidades (NC) da Arquidiocese de Londrina se reuniram nos dias 25 e 26 de maio, para o Retiro Anual das NC, que este ano teve como formadora a missionária da Comunidade Canção Nova (SP), Marelena Cardoso Ribeiro. Ela integra o Conselho Geral da instituição, fundada em Cachoeira Paulista, em 1978, tendo sido a primeira das NC implantadas no Brasil. As novas comunidades são um sopro do Espírito Santo a que o papa João Paulo II chamou de “umas das primaveras da Igreja”.

O retiro foi realizado na Capela Sagrada Família, localizada no Jardim São Fernando (Londrina), que pertence à Paróquia Santa Rita de Cássia, cujo pároco é o padre Edivan Santos, assessor arquidiocesano do Núcleo das NC. Além de ser uma oportunidade para se encontrarem e trocarem experiências, o retiro anual tem como foco principal a formação e a renovação do compromisso de cada consagrado em torno do carisma específico da sua comunidade, que deve ser colocado sempre a serviço da Igreja.

Foi uma oportunidade de reflexão e de tomada de consciência sobre o perfil que deve ter um consagrado de comunidade de aliança, que é o caso das comunidades que integram o Núcleo de Londrina (a outra modalidade são as comunidades de vida, quando os integrantes passam a viver juntos e não exercem uma profissão fora do local de missão). Já os consagrados de aliança precisam aliar a sua missão com a vida em família e a vida secular, ou seja, o seu dia a dia e a atividade profissional, porém mantendo a obediência ao carisma e às regras de vida.

As comunidades ligadas ao Núcleo presentes ao retiro foram: Santa Edwiges, Filhos da Luz (Rolândia), Santa Rita de Cássia, Missão Filhos de Maria, Cefas, Sara e Tobias, Javé Chammá (Ibiporã), Obra Shalom, Dom de Deus e Pescadores de Homens. Todas são ligadas a uma ou mais paróquias da Arquidiocese.

 

Confira os depoimentos de lideranças sobre o retiro:

 

Comunidade Sara e Tobias
“O encontro foi uma grande graça para os membros das comunidades católicas de Londrina e, de modo especial, para a Comunidade Sara e Tobias. Participamos com os membros consagrados e também enviamos casais que estão fazendo o caminho vocacional. Para os consagrados, foi ocasião privilegiada de refletir sobre a responsabilidade que temos com o carisma que nos foi confiado. E para os do caminho vocacional, foi importante para entenderem a missão e a identidade das novas comunidades católicas, além de ajudar no discernimento de cada casal sobre sua vocação como Sara e Tobias. Além disso, foi um momento de unidade, no qual o Espírito Santo gerou comunhão entre os membros das Novas Comunidades.”
(Ronaldo e Márcia Paiva, casal fundador – Comunidade Sara e Tobias)

 

Comunidade Cefas
“Fiquei imensamente consolada com o encontro de formação, especialmente com a fundamentação das palestras realizadas pela consagrada da Canção Nova. Uma fala embasada nos documentos da Igreja, com profundidade e discernimento, considerando a realidade do leigo, as necessidades da Igreja, o compromisso necessário a um consagrado de comunidade e, principalmente, a exortação quanto ao envolvimento que todas as comunidades devem ter com suas paróquias. Sempre digo que a Cefas não seria a Cefas (com toda sua identidade) se não tivéssemos surgido da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Somos fruto dessa realidade paroquial e permanecemos nela. Além disso, a palestrante reforçou questões fundamentais para o dia a dia de uma comunidade. Diante do acesso facilitado a tantas fontes seguras de estudo e informação, como o próprio site do Vaticano, não há mais espaço para discursos imperativos e impositivos, diante de um papa que vem dando lições, com a própria vida, de humildade e misericórdia. O que tivemos neste encontro de formação foi uma aula de discernimento, coerência, unidade com a Igreja e unção.”
(Angela Tait – fundadora da Comunidade Cefas)

 

Javé Chammá
“O encontro foi imensamente produtivo, em todos os aspectos. Iniciando-se pela acolhida da paróquia, que com carinho e dedicação, nos proporcionou a sensação de estarmos em casa ou na nossa própria paróquia. O convívio com outras comunidades nos fez entender e a valorizar cada comunidade, cada carisma, entender que fomos escolhidos por Deus. Quanto à condução proporcionada pela missionária da Canção Nova, com conhecimento da palavra e principalmente, testemunhos, serviu para nos animar, nos colocar no caminho e nos ajudar a compreender o valor e importância da regra de vida e o quanto ela nos aproxima de Deus, da comunidade e nos entrelaça para cumprirmos a vontade de Deus. Cremos que o mais importante para nós foi entender que os membros servem ao mesmo carisma e propósito e todos devem se dedicar ao máximo pela comunidade e pela Igreja, mas cada um a seu tempo e da sua forma e devemos respeitar isso.”
(Flávio – membro da Comunidade Javé Chammá, de Ibiporã)

 

Dom de Deus
“Foi muito proveitoso o encontro e a pregadora conseguiu transmitir seu recado de forma clara, nos levando a reflexões profundas com relação ao nosso chamado e vocação. Para os membros de nossa comunidade, foi uma experiência nova ter participado pela primeira vez, podendo conhecer outros carismas de nossa Arquidiocese. ‘Oh, como é bom e agradável para irmãos unidos viverem juntos’ (Salmo 132,1).
(Marcelo Cerqueira Lima – fundador da Comunidade Dom de Deus)

 

Obra Shalom em Londrina
“A cada ano que passa o Retiro das Novas Comunidades vai estreitando os caminhos ao chamado a uma vocação, ao um carisma específico, dentro da Santa Mãe Igreja, na qual já podemos ver o florescer desta “nova primavera” na Arquidiocese de Londrina. A cada retiro, esse “jardim das Novas Comunidades” vem tomando cor e forma, cada um com seu carisma, seu jeitinho, suas regras de vida… De tudo que vivemos neste retiro é importante que tenhamos clareza da espiritualidade e as regras do carisma ao qual fomos chamados, para que possamos viver bem nossa vocação, pois só assim poderemos florescer e dar frutos. Frase marcante que ficou: ‘Se eu não ocupar o lugar que Deus me deu, ele ficará vago, pois Deus não substitui as pessoas. Habite o lugar em que Deus te plantou!”
(Kathia Santos – coordenadora da Obra de Difusão da Shalom)

 

Comunidade Santa Edwiges
“O encontro foi de grande importância, pois a pregadora soube compartilhar a sua experiência na sua comunidade, tanto na formação quanto na espiritualidade. Estes encontros tem sido também um momento único de fraternidade e partilha entre as comunidades.”
(Lucas Apolo de Carvalho – consagrado da Comunidade Santa Edwiges)

 

Comunidade Filhos de Maria
“Pudemos ver grandes ações de Deus, manifestando-se no nosso carisma, em nós como consagrados. A cada partilha e oração sempre encontramos e vimos um agir e Nossa Senhora instruindo os caminhos que vamos trilhar. E também alguns pontos que precisamos melhorar e intensificar as orações para que Deus venha em nosso auxílio no processo de construção da comunidade. Ter o testemunho da vivência e experiência desta missionária da Canção Nova reacendeu a certeza do chamado à vida em comunidade.”
(Rosangela Camargo Goanais – fundadora da Comunidade Filhos de Maria)

 

Comunidade Santa Rita de Cássia
“O encontro foi maravilhoso em todos os aspectos, surpreendente. O local, as músicas que, para mim em especial, remeteram ao início da minha caminhada, as orações, a pregadora, que tranquilidade, serenidade e docilidade nos fez rever muitas coisas em nossa comunidade. Com tudo que conseguimos coletar, nos fez questionamentos e gerou em nós muita reflexão. Em suma, foi um ótimo crescimento para nós e creio os frutos já estão visíveis na Comunidade Santa Rita de Cássia. Nosso especial agradecimento ao Núcleo, pelo empenho e dedicação. Deus lhes pague. Que venha 2020!”
(Fabiano Pires – fundador da Comunidade Santa Rita de Cássia)

Jaime Kaster
Comunidade Sara e Tobias

 

 

Fotos Jaime Kaster

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *