Útimas Notícias

Cáritas Londrina tem nova diretoria

A Cáritas Arquidiocesana de Londrina apresentou no sábado, dia 13 de abril, sua nova diretoria e conselho fiscal, durante a assembleia anual da Cáritas. Na assembleia também foram apresentadas os serviços prestados pela entidade e a prestação de contas de 2018.

A nova equipe assume a diretoria no dia primeiro de julho. Na presidência, assume Naid Aparecida Melo de Moura, tendo como vice o padre Vandemir Araújo. Tereza Sumiko Nishida e Tokiko Yamasaki Baretto são as tesoureira e vice-tesoureira, e o diácono Rosiel Martins e Fátima Loredo os novos secretário e vice-secretária. 

No conselho fiscal os novos nomes são: Helemilton Dias de Oliveira, Cristina Coelho e Luiz Loredo como titulares, e Amarildo Geraldo Tarden, Marcelo Massayuki Cassa e diácono José Renato Pavanato como suplentes. A equipe ficará à frente da entidade pelos próximos quatro anos.

O encontro foi aberto a toda comunidade e reuniu cerca de 50 pessoas envolvidas com os diversos serviços da Cáritas, desde funcionários, voluntários, membros da diretoria e conselho, e representantes das entidades que têm projetos patrocinados pela Cáritas. O arcebispo dom Geremias Steinmetz, bispo referencial da Cáritas, também participou.

Segundo a gerente geral da Cáritas Arquidiocesana, Deusa Favero, o conselho diretor tem a função de, junto com o bispo, zelar pela fidelidade da entidade membro, apresentar propostas para a elaboração do plano anual, convocar a assembleia geral e encaminhar decisões da entidade. “Também acompanhar a gestão administrativa, examinando, discutindo e aprovando as contas, o relatório e o balanço anual da Cáritas”, completa.

Dados

No ano passado, a entidade atendeu 446 famílias com cestas básicas; 46 entidades com alimentos, fraldas, roupas, cobertores e móveis; 89 usuários com fraldas geriátricas; e 15 entidades e pastorais . Com o serviço de proteção especial, atendeu 1.116 pessoas com deficiência ou idosos e as famílias; fez 2.337 atendimentos domiciliares, 4.011 atendimentos descentralizados; 2.500 visitas domiciliares; e 36 grupos com cuidadores e famílias. No trabalho com migrantes, foram 803 atendimentos para documentação e 750 atendimentos realizados.

A Cáritas tem cadeira em seis conselhos de direito, cinco municipais e um estadual: Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Municipal de Cultura de Paz, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Municipal da Pessoa Idosa, Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, e Conselho Estadual dos Refugiados e Apátridas.

 

Pascom Arquidiocesana
Fotos: Juliana Mastelini Moyses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *