Campanhas Palavra do Arcebispo

Fraternidade e a superação da violência

Neste ano de 2018 a Campanha da Fraternidade, realizada durante o período da quaresma, tratará da FRATERNIDADE E A SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA com o lema: VÓS SOIS TODOS IRMÃOS (Mt 23,8). Desde o ano de 1985 a temática tem obedecido à reflexão da Igreja que se volta para situações existenciais do povo brasileiro… Nesta fase, a Igreja, com a realização das Campanhas da Fraternidade, tem contribuído ao evidenciar situações que causam sofrimento e morte em meio ao povo brasileiro, nem sempre percebidas por todos, quando o Brasil reencontra seu longo caminho rumo à construção de uma sociedade democrática, capaz de integrar todos os seus filhos e filhas. Neste tempo a CF tratou sobre alguns temas relevantes: biomas brasileiros e a defesa da vida; Igreja e sociedade; tráfico humano; juventude; saúde pública; economia e vida; segurança pública; defesa da vida; pessoas idosas; indígenas; pessoas com deficiências; a mulher; o mundo do trabalho; o menor; o negro; a política; etc.

Dentro do espírito quaresmal somos provocados a aprofundar o nosso seguimento de Jesus Cristo e nos convoca à conversão, à mudança de vida. As práticas comuns na espiritualidade deste tempo: jejum, esmola e oração, são tentativas para nos abrirmos à graça divina. O jejum abre nossa pessoa para a receptividade, para a liberdade da vida em Cristo. A esmola nasce da alegria de ter encontrado o tesouro escondido, a pérola preciosa (Mt 13,44-46). O amor, a misericórdia busca o outro. A oração mostra que tocados pelo dom do anúncio, apercebidos da valiosa experiência do cuidado amoroso e misericordioso de Deus em Jesus Cristo, necessitamos de palavra e silêncio para agradecer e suplicar. “Os quarenta dias desse tempo precioso são de graça e de bênção. Iluminados pela Palavra de Deus buscamos uma nova relação com as criaturas, os irmãos e as irmãs, e com Deus” (Texto Base, 12). “A CF nos pede atenção e conversão. Desperta para uma cultura de fraternidade, apontando os princípios de justiça, denunciando ameaças e violações da dignidade e dos direitos, abrindo caminhos de solidariedade” (Texto Base, 14).

O Objetivo Geral da CF – 2018 é: Construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência. Como que desdobrando este, os objetivos específicos mostram o grande realismo do tema: Analisar as múltiplas formas de violência, especialmente as provocadas pelo tráfico de drogas considerando suas causas e consequência na sociedade brasileira; identificar o alcance da violência, nas realidades urbana e rural de nosso país, propondo caminhos de superação, a partir do diálogo, da misericórdia e da justiça, em sintonia com o Ensino Social da Igreja; valorizar a família e a escola como espaços de convivência fraterna, de educação para a paz e de testemunho do amor e do perdão; apoiar centros de direitos humanos, comissões de justiça e paz, conselhos paritários de direitos e organizações da sociedade civil que trabalham para a superação da violência.Sendo um tempo forte de evangelização é preciso anunciar a Boa Nova da fraternidade e da paz, estimulando ações concretas que expressem a conversão e a reconciliação no espírito quaresmal.

Dom Geremias Steinmetz
Arcebispo Metropolitano de Londrina

cartaz cf 2018 site
Cartaz oficial da CF 2018

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *