Arcebispo Palavra do Arcebispo Útimas Notícias

Coleta Nacional da Evangelização

campanha da evangelizacaoCristãos leigos e leigas comprometidos com a Evangelização

Desde há alguns anos a Igreja do Brasil realiza, no terceiro domingo do Advento, a Coleta Nacional da Evangelização. Ela nasceu da necessidade de conscientizarmos as comunidades brasileiras a contribuírem mais e melhor com os projetos de evangelização que se realizam de norte a sul do país. Por muitos anos dependemos de outras nações, tais como a Alemanha, Áustria, França, Espanha, Bélgica, Estados Unidos da América, Canadá, etc. Todas elas contribuíram muito com a construção de Igrejas, Centros Catequéticos, Casas Paroquiais, compra de veículos, salões de festas, etc. Está implícito que nós crescemos muito eclesialmente, culturalmente e economicamente, e já podemos contribuir melhor com os trabalhos de evangelização aqui no nosso país. Já podemos ser mais independentes. Outro aspecto importante é que crescemos na compreensão da missionariedade. É muito importante que contribuamos com a semeadura do evangelho em tantos lugares em que ele ainda não chegou e a outras realidades que ainda não foram iluminadas pela sua luz. Em síntese, já temos condições de partilhar mais e contribuir para que o trabalho de evangelização avance em nosso país. A campanha visa arrecadar recursos para apoiar inúmeras iniciativas da Igreja no Brasil, de sul a norte.

Este ano a Campanha da Evangelização tem sintonia com o Ano do Laicato o que reforçará a necessidade da Igreja de despertar novos discípulos missionários para a evangelização e para a responsabilidade da sustentação das atividades pastorais no Brasil. O tema é justamente “Cristãos leigos e leigas comprometidos com a Evangelização”. O lema “Sal da Terra e Luz do mundo” (Mt 5,13-14), objetiva avivar os leigos para o compromisso evangelizador. Tal iniciativa considera a ajuda para dioceses de regiões mais desassistidas e necessitadas. Podemos até dizer, pela experiência, que pela situação privilegiada de Londrina, nós temos algumas paróquias que possuem um giro financeiro maior do que grande número de dioceses do Brasil. Penso que estes dados devem nos mover para a partilha mais intensa do que somos e temos.

O documento 100 da CNBB: “Comunidade de Comunidades – Uma nova paróquia” diz que “o estado permanente de missão supõe que a comunidade cristã tenha consciência de que ela é por sua natureza missionária e precisa ser constantemente missionada, isto é, precisa renovar-se sempre diante dos novos desafios que enfrenta no confronto com o mundo e na relação entre seus membros” (n. 189). Já na preparação para esta campanha as comunidades rezam que Deus “suscite em nós o compromisso com a Evangelização, para que todos conheçam a vida que de vós provém”. Acrescenta ainda “despertai em nossas comunidades e em toda a Igreja no Brasil o senso da partilha e que, por meio da Coleta para a Evangelização e do testemunho de comunhão, todas as comunidades recebam a força do Evangelho”. A coleta da Evangelização será no próximo final de semana, 16 e 17 de dezembro, em todas as comunidades eclesiais.

dom geremiasDom Geremias Steinmetz
Arcebispo Metropolitano de Londrina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *