Você está aqui
Home > 14º Intereclesial > Formação dos Delegados para o 14º Intereclesial

Formação dos Delegados para o 14º Intereclesial

Somos povo da Esperança! Não importa quão grande seja o desafio!

Os delegados do 14º Intereclesial das CEBs da Arquidiocese de Londrina se reuniram na Comunidade São João Batista em Bela Vista do Paraíso, onde foram acolhidos fraternalmente pela articuladora das CEBs Conceição Casarin e pelo Pároco Pe. Jorge de Mello.

O encontro teve início com a Celebração Eucarística dos Grupos Bíblicos de Reflexão. Pe Jorge grande motivador das CEBs, lembrou o compromisso profético das comunidades, afirmando que os delegados são pessoas escolhidas não só para participarem do Intereclesial, mas  acima de tudo ajudar na construção da Igreja e sociedade que acreditam. “O Evangelho nos inquieta a refletir de qual lado que estamos não levando em conta a aparência. Sejamos como as comunidades de Paulo. Que possamos ser lembrados com saudades, que a fé ativa das CEBs seja motivo de Esperança” fala Pe. Jorge.

A assessora das CEBs da Arquidiocese de Londrina, Lenir de Assis apresentou o histórico dos Intereclesiais, e trabalhou a reflexão sobre o tema CEBs os Desafios no Mundo Urbano, bem como os temas das mini plenárias e o impacto desses desafios na vida das comunidades.

Frei Ildo Perondi promoveu uma belíssima reflexão sobre o lema, “Eu Vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-los”. Ex 7,3.

delegados 14 intereclesial (2)
Dom Geremias Steinmetz, Arcebispo Metropolitano de Londrina

Dom Geremias Steinmetz, Arcebispo de Londrina também participou do encontro,  trazendo palavras de ânimo para as Comunidades Eclesiais de Base. “A cultura urbana não é só um problema, mas muitas belezas. Traz desafios que precisamos dar resposta. O ouro precisa ser refinado. Não é só encontra-lo, mas gastar tempo e dedicar cuidados, limpar as impurezas para que possamos ver seu brilho. Na cultura urbana é a mesma coisa. As coisas não vêm separadas, clarinhas, isso é cristão, isso não é cristão, tudo está interligado e depende do olhar que interpreta. Precisamos enquanto Igreja estarmos atentos as periferias geográficas e existenciais. Temos um sonho de que o Evangelho esteja em todos os corações. Nossa Arquidiocese precisa aproveitar esse momento, vocês delegados, façam uma síntese e colaborem com o plano pastoral da arquidiocese, que sua percepção nos ajude a olhar o futuro da nossa realidade pastoral. O melhor trabalho pastoral é quando conseguimos congregar propostas e ideais, caminhar juntos. Um trabalho não só das CEBs, mas da Igreja de Londrina. Aprender com o diálogo freiriano, saber o que quer, falar dessa proposta de tal forma que outros a entendam e a considerem valida, com a linguagem e com a vida fazer a proposta ser colocada em prática” comenta Dom Geremias.

No período da tarde Pe. Dirceu Fumagalli, coordenador das Equipes de Trabalho apresentou a dinâmica do encontro, bem como as responsabilidades dos delegados locais, que  além de participarem, serão referência para os que vêm de outros lugares e o compromisso em dar continuidade na Arquidiocese de Londrina, fazendo frutificar as reflexões  desse tempo de preparação e participação no Intereclesial.

No encontro estiveram presentes representantes de 11 decanatos, Pastoral da Juventude e contou com a bonita presença de uma equipe de animação, que integra a Equipe do Intereclesial.

O Próximo encontro ficou agendado para 02 de dezembro às 14 horas na comunidade Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos.

Por Leoni Alves Garcia
Comunicação do Intereclesial

Mais fotos clique aqui>>

PASCOM Arquidiocesana
Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo
Translate »