Você está aqui
Home > Campanhas > Pacientes das UTIs do Hospital Infantil viram super-heróis e emocionam os pais no Dia da Criança

Pacientes das UTIs do Hospital Infantil viram super-heróis e emocionam os pais no Dia da Criança

Surpresa e muita emoção marcaram o feriado do Dia da Criança nas UTIs do Hospital Infantil Sagrada Família, em Londrina. Para os pais desses pequenos e tão sofridos pacientes, a visita dessa tarde foi bem mais que o encontro do dia a dia e as notícias do médico sobre a saúde do filho querido.

Os pacientes, desde o menor dos neonatais internados até o maior deles já com 13 anos, se vestiram de super-heróis para presentear os pais com esperanças pela melhora de cada um. A ideia foi da equipe de Enfermagem juntamente com os serviços de Psicologia e Assistência Social. E acertaram no presente escolhido.

“Muito lindo. Melhor presente que ganhei na minha vida”, enfatizou Michele Papke Leite, de Guaíra, 370 km de Londrina. Ela é mãe de Otávio, 3 meses, internado desde o nascimento e já submetido à cirurgia cardíaca.  “Eles são todos vencedores. São nossos super-heróis”, destacou, referindo-se também aos outros pacientes das UTIs. 

E para que o dia não ficasse somente na memória, cada casal recebeu um porta-retrato com a foto do seu super-herói. A mensagem, “Eu tenho o superpoder do seu amor”, completava o presente. “Foi emocionante, não tem explicação. A fantasia ficou perfeita porque ela é guerreira. Achei lindo, vou guardar para mostrar como ela lutou”, afirma Stephani Cristina da Silva, mãe de Sophia, 1 ano. A menina, também em recuperação de procedimento cirúrgico cardíaco, recebeu alta da UTI para o quarto, quatro dias depois.

As fotos dos pacientes super-heróis foi presente do fotógrafo Gabriel Bonifácio. Hoje com 22 anos, Gabriel conhece bem a rotina de internação no hospital.  Filho da funcionária Isabel Bonifácio, quando criança ele fez quatro cirurgias todas no Hospital Infantil, além de outras várias internações para tratamento. “É uma forma de agradecer tudo o que recebi”, afirma.

A equipe de Enfermagem é unânime em afirmar que os profissionais também se beneficiam com ações como essa. “É um momento alegre. É muito gratificante para nós também”, afirma a enfermeira Maiara Stevanatto. “É uma oportunidade que temos de amenizar um pouquinho que seja o sofrimento desses pais nas datas festivas”, completa.

Uma semana no mundo da fantasia – As comemorações pelo Dia da Criança no Hospital duraram a semana toda com ações para todos os gostos. Apresentação de dança, música, terapia com cães, atividades manuais. Outro ponto alto foi a festa para as crianças, com a participação de princesas e super-heróis. Um verdadeiro convite para entrar no mundo da fantasia. “Mas é de verdade? Ele voa?”, questionava Isaac, 4 anos. E logo veio a confirmação: “É de verdade sim!”, afirmava boquiaberto ao tocar o braço do Capitão América.     

Quem dá vida aos personagens do imaginário infantil é um grupo de amigos de trabalho. Eles se tornaram voluntários do Infantil desde que um deles teve um filho em tratamento no Hospital. As comemorações pelo Dia da Criança envolvem vários outros colaboradores voluntários. Sem eles, segundo a equipe do Hospital, seria praticamente impossível fazer uma semana tão festiva. E ainda teve missa pela Padroeira do Brasil e em ação de graças pelas crianças e pelos voluntários.    

Assessoria de Comunicação | ISCAL

PASCOM Arquidiocesana
Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo
Translate »