Você está aqui
Home > 14º Intereclesial > Orientações para as celebrações da peregrinação dos ícones do 14º Intereclesial

Orientações para as celebrações da peregrinação dos ícones do 14º Intereclesial

Orientações para as celebrações da peregrinação dos ícones do 14º Intereclesial nas Paróquias da Arquidiocese de Londrina

 Londrina, 12 de julho de 2017.

Prezado Pároco,

O Ícone da Cruz peregrina do 14º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base, após peregrinar por todas as Dioceses do Paraná chega à Arquidiocese de Londrina, sede do 14º Intereclesial que se realizará em Londrina nos dia 23 a 27 de janeiro de 2018. Nessa peregrinação teremos a Cruz, a imagem de Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paraná, a Bíblia e um banner do 14º Intereclesial das CEBs. Esses ícones serão  o elo Arquidiocesano entre as Paróquias da arquidiocese com o 14º Intereclesial. Recebendo esses ícones em nossa Paróquia, significará que somos um povo Deus que vive em comunidade em marcha constante  celebrando e rezando as “CEBs e os desafios no mundo urbano”, tema do 14º Intereclesial, com a iluminação bíblica “Eu vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo”(Ex 3,7).

Os objetivos da visita do icone da cruz peregrina da 14º Intereclesial são:

  • Preparar as paróquias espiritualmente, rezando pelo 14º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs);
  • Criar uma integração entre Arquidiocese, as Paróquias e as comunidades;
  • Divulgar o 14º Intereclesial;
  • Continuar de forma mais intensiva o processo de construção do 14º Intereclesial.

Orientações litúrgicas:

  1. Os símbolos podem ser colocados em destaque num espaço adequado no presbitério;
  2. Nas celebrações em preparação à chegada da Cruz colocar sempre em destaque: Bíblia, e Nossa Senhora do Rocio e o cartaz do 14º intereclesial;
  3. A mesa da Palavra deve ser bem preparada;
  4. Os cantos devem ser de acordo com a chegada da cruz e tempo litúrgico;
  5. Cruz (seja colocada no espaço adequado) onde toda a comunidade possa expressar gestos de veneração.

Importante:
É muito importante que aconteça na Paróquia uma celebração de acolhida no momento em que a cruz chegar. Além disso, nos dias em que os símbolos ficaram na Paróquia poderá organizar-se como viverá esses dias em que a cruz estiver presente na Paróquia: Visita da cruz em diversas realidades da Paróquia e comunidade. Além das celebrações sugeridas que segue pode-se também organizar a comunidade para: Oração do Terço; Celebração penitencial, Eucarística, peregrinação pelas comunidades, carreatas etc.

É uma sugestão, podendo ser outra conforme a comunidade quiser. Sejam criativos.

MISTÉRIO DA CRUZ

Os 10 aspectos do mistério da cruz de Cristo para o povo de Deus quando estiverem a venerar a cruz do 14º Intereclesial:

  1. Na Cruz, Cristo conheceu os maiores sofrimentos do mundo. Quando você sofre, Cristo esta muito perto de ti. Confias a Ele os seus sofrimentos! Ele os levará contigo e te aliviará;
  2. Na Cruz, Cristo se identificou com aqueles que sofrem. Descubra os que sofrem em torno de ti. Jesus esta presente neles. Vá servi-los! Receberas alegrias!;
  3. Na cruz O crucificado definiu o sentido de sua crucificação como solidariedade para com todos os crucificados da história que, como Ele, foram e serão vítimas da violência, das relações sociais injustas, do ódio, da humilhação dos pequenos e do rechaço à proposta de um Reino de justiça, de irmandade, de compaixão e de amor incondicional;
  4. Na Cruz, Cristo perdoa os seus inimigos. Se estás ferido, também tu estas convidado a perdoar e reconciliar com os teus inimigos. Jesus te dará força. Peça e será dado!
  5. Na Cruz, Jesus amou cada um de nós. Se há duvida, peça que Ele mostre seu amor pessoal por ti;
  6. Aos pés da cruz Jesus, o missionário do Pai, nos entrega Maria sua mãe, como nossa mãe. “Filho eis ai tua mãe”;
  7. Na Cruz, Jesus entregou sua vida para o perdão de nossos pecados. Entrega teus pecados! Promete que não voltarás a pecar. E tu receberás seu perdão pelo batismo e pelo sacramento da reconciliação. Então experimentarás a alegria da salvação;
  8. Na Cruz, Jesus morreu para abrir o Céu. Reze pelos falecidos que você conhece. Receberás a Esperança da Vida eterna!
  9. Na Cruz, Jesus entregou sua vida por amor. Se quiseres ser feliz, entrega generosamente tua vida para amar cada dia como Ele!;
  10. Jesus ressuscitou. Ele venceu sobre o mal, os pecados e a morte. Se tiveres fracassos, se tem dificuldades para enfrentar o futuro, receba a energia da esperança! Com toda a Igreja, converte em missionário da esperança!

Esperança e alegria

assinatura pe joel final

 

Clique aqui para fazer o download das orientações>>

PASCOM Arquidiocesana
Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo
Translate »