Você está aqui
Home > CNBB > Delegação brasileira participa de encontro do Cone Sul

Delegação brasileira participa de encontro do Cone Sul

De 22 a 26 de maio, uma delegação de 12 pessoas representou os leigos do Brasil no Pré-Congresso de Leigos da Região do Cone Sul (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile), realizado em Buenos Aires (Argentina), convocado pelo Conselho Episcopal Latinoamericano (Celam).

O encontro teve como objetivo aprofundar uma resposta à carta do Santo Padre sobre a nova hora do laicato na Igreja do Continente Americano e Caribe e suas experiências de compromisso em cada sociedade.

Na carta do papa Francisco cujo título é “O indispensável compromisso dos leigos na vida pública dos países latino-americanos”, o pontíficie diz que “chegou a hora do leigo, mas será que o relógio parou?”. Em resposta à pergunta do papa, Laudelino Augusto, leigo, assessor para a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato disse: Nós fomos lá para dar uma corda no relógio, fazê-lo funcionar, fazer acontecer a hora do leigo na história”.

Segundo dom Severino Clasem, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, “o Brasil tem muito a oferecer com a experiência dos Centros de Fé e Política que organizam cerca de 70 escolas de formação nas dioceses, com os cursos de cidadania e com a própria organização do laicato”.

Delegação brasileira

A composição da delegação brasileira, segundo Marilsa José Lopes Schuina, presidente do Conselho Nacional de Leigos/as do Brasil, foi pensada de modo a expressar a riqueza da atuação do laicato no país. “Fizemos questão de compor uma delegação que mostrasse ao Cone Sul quem são os leigos e leigas do Brasil e como atuamos. Pudemos efetivamente mostrar a nossa cara”, disse Marilsa.

Membros das comunidades eclesiais de base, pastorais sociais, movimento global católico para o clima, política partidária (ex-vereador), comissão de fé e política, conselho de leigos, da comissão de assessoria permanente e de formação, do fórum de direitos humanos e da terra, fórum de mudanças climáticas, fóruns sociais integraram a delegação brasileira.

Os leigos brasileiros participaram também de uma audiência pública da Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Na ocasião, segundo a presidente do Conselho Nacional de Leigos, foi feita uma denúncia sobre o atual governo brasileiro e o aumento da violência no campo, dos conflitos agrários e também a presença das forças armadas no país.

Haverá também pré-congressos da região dos Andes, América Central e Caribe, preparatórios ao Congresso do continente americano que acontece no Brasil, no segundo semestre de 2018, como parte das programações do Ano do Laicato no país.

CNBB

PASCOM Arquidiocesana
Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo
Translate »