Você está aqui
Home > Útimas Notícias > 30ª Romaria celebra a beleza da criação e semeia flores e sementes

30ª Romaria celebra a beleza da criação e semeia flores e sementes

30 romaria 30 (4)

“Cuidar da terra, renascer das águas e semear a vida”

Aconteceu no dia 21 de agosto, a 30ª Romaria da Terra na cidade de Tomazina. Região do norte pioneiro, Diocese de Jacarezinho. Com o tema Cuidar da Terra e nossa responsabilidade. Os romeiros e romeiras foram recebidos com  um café da manhã singelo preparado pela paróquia local, com produtos  vindos das comunidades camponesas – café e leite – e pães caseiros feitos pelas comunidades paroquiais da região. Contagiados pelo reencontro  e encontro que a Romaria propicia, iniciamos nossa celebração motivados pelos sons da natureza em parto, seus sopros e ventos, cores e flores  e pela  rica memória das Romarias,  que vieram em forma de sacas de café, produção significativa nas comunidades camponesas da região.  Dom dom Getúlio Teixeira Guimarães, bispo referencial da CPT no PR, saudou os romeiras e romeiras refletindo sobre as contribuições  pastorais das Romarias da Terra e sobre os  aspectos formativos no âmbito social, político e de promoção dos direitos humanos e das comunidades. Ao som da toada da Folia do  Divino Espirito Santo, festa e devoção da região recebemos e fomos convocados pela palavra de Deus Criador – Gn 2,15- que cria o homem e a mulher e os coloca no centro da criação, junto ás outras criaturas para cuidar e gerar vida. Na reflexão conduzida por Dom Manoel João Francisco, representando a província eclesiástica de Londrina fomos questionados sobre nosso papel de cristãos criados a imagem semelhança do deus da Vida.

Ao pés da Cruz de cedro, reconhecemos as dores da mãe natureza, que nosso descuidado tem gerado no meio ambiente, nas pessoas e destruído nossa Casa Comum. Mas como a cruz pra nós é sinal de Vida que vence as forças da morte, nesta mesma cruz, penduramos nossos louvores, bradando “louvados sejas senhor”, pelas inúmeras iniciativas e experiências que as comunidades, os grupos, entidades, pessoas tem feito na defesa da Vida presente me todas as criaturas e no conjunto da natureza e sua diversidade.

Como o povo de Deus em marcha, nos colocamos em caminhada, como  expressão da certeza do que juntos e unidos somos capazes de reverter os sinais e forças de morte que ameaçam as vidas. Na praça central de Tomazina, junto ao Santuário de Santo Incêncio, plantamos nossa cruz de cedro, como marco da 30ª Romaria, esperançosos  de que na brotagem de seus ramos a Vida prevaleça.

Ao meio dia, nos sentamos em rodas e grupos, para a partilha do que trouxemos  em nossas sacolas  e potes, e o milagre do repartir mais uma vez aconteceu atualizado entre os romeiros e romeiras.

Dando continuidade a celebração, fomos convidados ao som das corredeiras – que mesmo ao longe – nos saudavam com suas águas rolando nas pedras do Rio das Cinzas, e ao som da música Pedras de Rio, a nos reunirmos para o gesto de recompromisso batismal a que todos e todas  repetiram uns com os outros o compromisso “ Me comprometo a cuidar da Casa Comum”, encharcados e molhados nas águas, trazidas nos baldes, latas e bacias, para a grande roda que iniciou uma linda mandala, ao centro do espaço.

Teve início a festa dos 90 anos da Diocese de Jacarezinho, que em missão de evangelização foi homenageada com 90 buquês de flores, entregues a Dom Antonio Braz, bispo  da diocese, que também passaram a compor a mandala das cores e do florido que vence as cores escuras e acinzentadas da poluição e do desmatamento ,como nos motiva o papa Francisco a sermos alegres e esperançosos.

Em seguida 30 peneiras  com  diversas sementes,  representando as 30  Romarias organizadas e preparadas  pela  Comissão Pastoral da Terra  no Paraná. Que  trazidas por membros de diferentes comunidades  para compor o conjunto de símbolos de lembrança da 30ª  Romaria, que depois de abençoados foram levados pelos romeiros e romeiras, para continuar e reproduzir e gera sementes  de Vida e alimento saudável.

Porque a Vida é para ser vivida e com festa ao final, dezenas de quilos de sequilhos  de polvilho e broas de fubá, ao sabor do café, chá e leite foram partilhados festivamente para celebrar o encontro de compromisso das comunidades do Campo das cidades com a defesa da Vida na Casa Comum , para que o Bem Viver seja garantido a nós viventes do tempo presente e no compromisso com as gerações vindouras.

Isabel Diniz
CTP – PR

 

[Best_Wordpress_Gallery id=”108″ gal_title=”30ª Romaria da Terra”]

 

 

PASCOM Arquidiocesana
Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo
Translate »