SMP / GBR

JMJ um marco importante para Juventude Católica de Londrina e região

Mais de 4 mil jovens católicos de 16 municípios da Arquidiocese de Londrina e de outras regiões do Paraná reuniram-se ontem no Ginásio de Esportes Moringão, em Londrina, para participar da Jornada Missionária da Juventude. O evento faz parte das Santas Missões Populares de Londrina, que têm como objetivo despertar os cristãos para a vida missionária. Com o tema “Juventude, já é hora de acordar”, a jornada teve uma programação que incluiu orações, catequese e apresentações culturais. No encerramento, os participantes fizeram uma caminhada até o Santuário Eucarístico Mariano, na Avenida Madre Leônia Milito.
“É tempo de acordar que nós somos missionários. Às vezes se fala muito em missões fora do Brasil, mas podemos ser missionários aqui mesmo. Jesus disse: ‘Ide pelo mundo e pregai o Evangelho’. O mundo é o coração humano, que vivencia o Evangelho”, disse o padre Joel Ribeiro Medeiros, coordenador da Ação Evangelizadora.
No dia 8 de dezembro do ano passado, o Papa Francisco abriu a Porta Santa da Misericórdia da Basílica de São Pedro, no Vaticano. O gesto, ressaltou o padre Joel, simbolizou a abertura das portas para uma mudança interior, que passa pela compreensão de que cada cristão é um evangelizador. “Estamos preparando toda a nossa comunidade para a atividade missionária, crianças, jovens e adultos. A Jornada Missionária da Juventude é o último evento da primeira etapa. Hoje, aqui, os jovens estão sendo chamados ao desafio. Em setembro e outubro começam as visitas missionárias.”
“A nossa juventude esteve um pouco adormecida. A missão evangelizadora vem no momento do nosso batismo. Quando me batizo me torno discípulo de Cristo e o único pedido que Ele nos fez foi para que pregássemos o Evangelho. Não fazer isso é não atender a um chamado de Jesus. Devemos ser um sinal de Deus na vida das pessoas”, disse Paulo Tardivo, um dos coordenadores das SMP Jovem e Membro da Coordenação Executiva das SMP.
“Participar das missões é maravilhoso. É muito bom trazer o jovem para dentro da igreja. Somos o futuro da igreja”, afirmou Gabriela Chaves da Silva, de 15 anos, que pratica a evangelização na sua comunidade, na zona sul de Londrina. “As pessoas estão muito fechadas para quererem ouvir a palavra do Senhor. Muita gente diz que não. As pessoas têm que se abrir mais às palavras de Deus”, comentou.
Para Bruno Lira, de 20 anos, a Jornada Missionária da Juventude aproxima os jovens da igreja e desperta neles a vontade de participar das missões. “É uma ação muito gratificante. Participo das missões, visito as casas das pessoas, rezo para elas e escuto os seus problemas. Parece pouco, mas às vezes o pouco é justamente o que a pessoa precisa.”
Ao deixarem o Moringão, por volta das 16 horas, os participantes da Jornada Missionária da Juventude seguiram em caminhada até o Santuário Eucarístico Mariano, onde foi realizada a Santa Missa, celebrada pelo arcebispo de Londrina, Dom Orlando Brandes.
Simone Saris – Folha de Londrina

 

Com ajuda dos jovens foi arrecadado mais de mil caixas de gelatina para ser entregue ao Hospital do Câncer de Londrina.
A juventude preocupada em poder ajudar o próximo.
Tiago Queiroz – Pascom Arquidiocesana

 

TV Tarobá

 

Fotos:
[Best_Wordpress_Gallery id=”42″ gal_title=”JMJ 03/04 no Moringão”]

Acesse mais fotos>>  Flickr ou  Facebook

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *